Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...

Acélio Casagrande e Eduardo Moreira assinam convênio para o Materno Infantil

Secretário de Saúde e governador se reuniram para conversar sobre os 60 dias à frente da pasta
Por Redação Florianópolis - SC, 19/03/2018 - 16:34Atualizado em 19/03/2018 - 18:29
(foto: divulgação)
(foto: divulgação)

O secretário de Estado da Saúde, Acélio Casagrande, se reuniu com o governador Eduardo Pinho Moreira nesta segunda-feira (19), para conversar sobre os 60 dias à frente da pasta. Medidas para otimizar recursos, regionalizar a Saúde e aplicar o dinheiro público com eficiência para melhor atender a população foram os principais assuntos da reunião. Ainda no encontro, assinaram um convênio que beneficia o Hospital Materno Infantil, de Criciúma.

Casagrande informou que há um constante e detalhado controle de caixa de todos os gastos para a saúde no Estado e uma rigorosa fiscalização com análise de relatórios para a boa aplicação dos recursos. O secretário destacou que a Secretaria da Saúde (SES) tem cumprindo com seus compromissos financeiros, mantendo os pagamentos com fornecedores.

Nestes 60 dias de gestão, a garantia de estoque para abastecimentos de materiais às unidades hospitalares cresceu de 23% para 45%, enquanto o estoque de medicamentos saltou de 36% para 57%. “Proteger as pessoas no momento que mais necessitam faz parte de um trabalho constante e de muito foco. Nossa prioridade, junto com o governador, é dar atenção total à área”, afirmou o secretário.

O governador destacou que a decisão de repassar os 14% da receita líquida do Estado está sendo rigorosamente cumprida. Moreira informou que foram liberados aproximadamente R$ 70 milhões para liquidar dívidas referentes ao ano passado.

“Escolhemos prioridades para esta gestão e Saúde é uma delas. Nós estamos discutindo e mostrando que é possível fazer mais com menos. Para isso, é fundamental revermos contratos, ações da SES, economizar e ter muita responsabilidade com os gastos públicos para que a população se sinta protegida e bem atendida”, explicou.

O governador e o secretário assinaram um convênio para a reforma e ampliação da Central de Material do Hospital Materno Infantil Santa Catarina, com investimento de R$ 1 milhão. Ainda nesta segunda-feira, aconteceu um encontro com o prefeito Clésio Salvaro, para definir os prosseguimentos. O número de UTIs neonatais também deverá ser aumentado.

“Nós conversamos hoje com o prefeito Clésio Salvaro, para que se encaminhe toda a documentação necessária e faça o mais rápido. Se tudo ocorrer bem, até agosto ou setembro estará pronto”, afirmou Casagrande.