Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...

A primeira fraude da Black Friday 2019 em Criciúma (VÍDEO)

Flagrante foi feito nesta quarta-feira por um consumidor. Fiscais do Procon estão avaliando e lavrando multa
Denis Luciano
Por Denis Luciano Criciúma, SC, 27/11/2019 - 14:26Atualizado em 27/11/2019 - 14:36
Reprodução
Reprodução

Está registrado o primeiro flagrante de fraude de preços envolvendo a Black Friday, período promocional do comércio cuja data-base é a próxima sexta-feira, 29. Um consumidor gravou nesta quarta-feira, 27, e postou em suas redes sociais, a irregularidade. O caso, em uma loja de Criciúma, é também o primeiro formalizado em Santa Catarina, segundo dados do Procon estadual.

"O consumidor postou em sua rede social a imagem da funcionária das Lojas Renner remarcando preços. Eles podem remarcar, mas ela estava tirando a etiqueta branca de R$ 39,90 e remarcando com a amarela a R$ 39,90 também", contou o coordenador do Procon Criciúma, Gustavo Colle. "Estão fazendo uma publicidade enganosa da precificação. No vídeo aparece a funcionária trocando os preços. Se é uma promoção, tem que colocar o valor do percentual de desconto, mas como no caso está precificado em cima do valor antigo, está constatada a fraude", atestou.

Mas o caso tornou-se concreto por conta da denúncia. "Não temos outra forma, dependemos do apoio da população. Esse é um caso típico de propaganda enganosa, dizendo que é Black Friday. Por enquanto essa é a única denúncia que recebemos em cima dessa Black Friday", referiu o coordenador. A loja deverá ser multada. "Os fiscais estão no local verificando todas as peças. Quanto mais peças tiverem os preços alterados dessa forma, maior poderá ser a multa", explicou Colle, ainda sem condições de especificar qual será o valor da punição.

O Procon Criciúma recebe denúncias e atende pelo telefone (48) 3445-8522 e nas redes sociais Procon Criciúma.