Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...

Inteligência Emocional, você tem?

Letícia Zanini
Por Letícia Zanini 24/09/2018 - 14:46Atualizado em 24/09/2018 - 14:49


Bem, você sabe o que é IE? Se não sabe, segue o conceito de Daniel Goleman, a IE é a integração suave entre as nossas emoções e intelecto. Uma pessoa Inteligente emocionalmente é alguém que sabe dar nome às emoções que sente.
Daniel Goleman, conhecido como o pai da Inteligência Emocional, relata que não existe correlação entre ela e o QI, pois eles são controlados por diferentes partes do cérebro. 
No dia a dia percebemos a presença ou ausência da IE em nossas vidas. No mundo organizacional, você já deve ter trabalhado com líder sem inteligência emocional, que é aquele líder que grita, faz críticas em público, não sabe a hora certa de calar-se, etc....e na vida pessoal é aquela pessoa que não se controla, diz o que pensa e depois se arrepende, briga no trânsito e tem uma série de descontroles que geram consequências nocivas em nossa vida.
Mas como mudamos esse cenário? Bem, não é tão simples, mas é possível. E não é tão simples porque envolve um arsenal fisiológico nesse processo de controle interno. Quando nos descontrolamos com relação às emoções, significa que uma parte de nosso cérebro foi sequestrada, nossa amídala cerebelar que controla a parte emocional e impede que o cérebro racional funcione. Por isso, só há um caminho para mudar esse cenário: consciência e disciplina, e a repetição de novos comportamentos.
O que podemos fazer para praticar a IE? 
São coisas simples, que talvez você se impressione pela simplicidade, porém, não se iluda, há uma tendência grande de não mantermos esses exercícios.
Comece reconhecendo suas emoções, o que você está sentindo? Porque está sentindo? Todos nós temos 5 emoções comuns:  amor, raiva, tristeza, repugnância e alegria. 
Pratique a empatia, perceba o mundo com o olhar do outro, isso vai lhe ajudar a minimizar julgamentos e a explorar possibilidades de ações.
Reconheça que você tem limites e peça ajuda quando necessário;
Pratique o diálogo ao invés de respostas rápidas;
Pratique respiração pausada para lhe ajudar a pensar antes de agir e se arrepender.
Esses são alguns movimentos simples mas que podem e devem lhe ajudar a construir uma vida mais plena, saudável, com relações interessantes. A IE é hoje a mais importante competência a ser desenvolvida por profissionais que querem se destacar no mercado, à medida que você treina seu cérebro com novos comportamentos emocionalmente inteligentes, ele constrói os caminhos necessários para transformá-los em hábitos positivos e que garantem uma carreira sólida e sustentável.

4oito

Deixe seu comentário