Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...
CORONAVÍRUS - Saiba mais aqui

Podcasts

Diego de Mathia e a política "Do Avesso" (29/10/2018) / 18203

Chegaram ao fim, neste domingo (28), as Eleições 2018, uma das mais marcantes da história brasileira. Teve presidenciável esfaqueado, substituído, fake news, nervos à flor da pele, brigas de família e, claro, muitos memes, ao melhor estilo brasileiro. Este foi o tema do Programa Do Avesso desta segunda-feira (29), com a participação especial do publicitário Diego De Mathia.

“Tomei a decisão de não tretar com ninguém nestas eleições. Eu nem fiz textão, mesmo costumando fazer isso. Ficou algo tão complicado que qualquer coisa que tu poste no Facebook, vem te xingar”, contou De Mathia.

Para o publicitário, estas eleições acentuaram ainda a questão das bolhas sociais, ou seja, grupos de pessoas que se limitam a conviver apenas com pessoas que tem o mesmo ideal e pensamento, impossibilitando debates. "Esses algoritmos fazem com que o discurso da rede social se torne parecido com o teu discurso de acordo com quem tu segue ou curte. Por isso, durante a campanha curti coisas sobre PT, Bolsonaro e afins. Porque quando você seleciona, você cria uma bolha", disse.

Entre os fatos mais marcantes das Eleições 2018, elencados no programa, estão as ameaças de Cabo Daciolo de derrubar as estátuas da rede de lojas Havan, os boatos sobre possíveis ditaduras no Brasil e as mudanças de discurso de Jair Bolsonaro (PSL) e Fernando Haddad (PT). “Começou com a questão da ditadura. Depois passou para o fim das sociais e por último o ‘vão matar todo mundo’”, comentou o convidado.

Programa do Avesso de 29/10/2018