Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...
CORONAVÍRUS - Saiba mais aqui

Podcasts

Jornalista Brigitte Gorini (02/08/2018) / 18142

Primeira jornalista da região, Brigitte Gorini sempre foi uma mulher à frente do seu tempo. Natural de Nova Veneza, estudou na Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS). Durante o tempo que ficou em Porto Alegre, foi atleta de destaque, de volta a Santa Catarina, trabalhou no Tribuna Criciumense, precursor do Jornal A Tribuna.

"Eu não sabia o que eu queria, mas eu sabia o que eu não queria. Eu gosto de saber muitas coisas, sou curiosíssima. Decidi fazer jornalismo e no começo me empolguei muito", contou. Ela já havia ido morar no estado vizinho um pouco antes, passando por alguns internatos.

Ainda em Porto Alegre, se destacou no atletismo, principalmente no salto em distância, onde venceu por três vezes campeonatos estaduais. “No esporte você se mata para ganhar e hoje em dia quando eu vejo um jogador de futebol ganhando milhões, que diz não estar motivado, eu tenho vontade de pegar na jugular”, reclamou Brigitte.

De volta ao estado natal, recebeu convite para trabalhar no jornal Tribuna Criciumense. Escrevia, diagramava e foi editora-chefe. Sem computadores, as vezes os textos saíam com erros de digitação, o que causava mudanças de sentido nas frases. Na época o jornal pertencia ao sindicato dos mineiros.

"A impressão e as provas do jornal, saia uma vez por semana, porque não tinha como não ser assim, só se fosse uma página por dia. Funcionava em um galpão, na Marechal Deodoro", lembrou. Hoje a jornalista continua acompanhando os noticiários e busca informações sobre a região na internet.

Programa do Avesso de 02/08/2018