Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...
CORONAVÍRUS - Saiba mais aqui

Podcasts

Dr Rubens Salfer (26/02/2018) / 18034

Ele já foi Juiz Eleitoral e participou de Turma de Recursos, além disso, acredita que foi uma das inspirações para Jair Bolsonaro. O Programa do Avesso, da Rádio Som Maior, recebeu o magistrado aposentado Rubens Sérgio Salfer, que falou sobre pena de morte, prisões e decisões que tomou ao longo da carreira.

“Sou a favor da pena de morte. Se o juiz errar e se o júri errar, é possível errar. Sou a favor com ressalvas, um cara com 400 anos para cumprir. Pode ter um ou dois erros. No Brasil, o cara tem que se esforçar para ir preso”, afirmou.

Salfer disse que todo mundo erra durante a vida. Ele revelou que quando era criança pegou uma nota de 5 mil cruzeiros do seu pai, e que apanhou muito. “O meu pai me tirou o couro de cima”, depois dessa, nunca mais agiu de tal forma.

Em uma de suas decisões, mandou interditar o Presidio Santa Augusta, de Criciúma, o que ele definiu como um depósito antes de ser reformado. Ainda sobre o local, ele acredita que o candidato à Presidência da República Jair Bolsonaro copiou sua fala.

“Acho até que o Bolsonaro copiou essa de mim, uns anos atrás tinha 17 numa sala do Santa Augusta, eu disse, se tem 17, cabe 17”, lembrou. Salfer imagina que o político ainda tem que mostrar mais. “Ele ainda tá para dizer no aspecto econômico, ele só fala que bandido bom é bandido morto e que vai dar armas”, finalizou.