Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...

Volta a parceria entre FME Criciúma e Anjos do Futsal

Fundação de Esportes estava afastada de projeto de formação esportiva há mais de uma década
Por Redação Criciúma, SC, 15/05/2019 - 17:47Atualizado em 15/05/2019 - 20:52
Fotos: Fabrício Júnior / FME / Divulgação
Fotos: Fabrício Júnior / FME / Divulgação

A Fundação Municipal de Esportes (FME) de Criciúma retomou a parceria com o projeto Anjos do Futsal, idealizado pela empresa Anjo Tintas, após 11 anos. Na tarde desta quarta-feira, 15, o prefeito Clésio Salvaro, juntamente com o presidente da FME, Nícola Martins, recebeu o diretor presidente da Anjo, Filipe Colombo, o coordenador do projeto, Jean Reis e professores e alunos do projeto no Paço Municipal Marcos Rovaris.

No município, o Anjos do Futsal atende 200 alunos de 10 a 14 anos em quatro núcleos, sendo eles no Pinheirinho (Unesc), na Vila Zuleima, no Rio Maina e no Bairro da Juventude. De acordo com Nícola Martins, este foi mais um passo positivo dado pela fundação junto ao Governo Municipal. "Uma cidade do tamanho da nossa não poderia ficar sem apoiar algo tão importante. Batalhamos muito para retomar essa parceria e, para nossa felicidade, hoje conseguimos", destacou.

O diretor presidente da Anjo também fez questão de salientar a importância da participação do apoio público do município. "Para nós é muito importante essa renovação depois de tantos anos. Criciúma foi o berço do projeto, ele nasceu aqui para resolver problemas sociais que existiam na época. Então essa retomada significa muito para nós", comentou Colombo.

O apoio ao Anjos do Futsal faz com que o Governo Municipal incentive ainda mais a prática esportiva na cidade, segundo Salvaro. "Basta olhar o número de crianças que são atendidas pelo projeto e veremos a grandeza dele. Torcemos para que eles realizem o sonho de se tornarem jogadores, mas se não der certo, teremos a certeza de que formamos também grandes cidadãos", frisou o prefeito.

Atualmente, o Anjos do Futsal conta com 1,2 mil garotos e 25 núcleos, divididos em 21 municípios.