Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...

Veja o ranking de postos com combustíveis mais baratos em Criciúma

Procon elaborou tabela com objetivo de identificar a diferenciação dos preços
Por Redação Criciúma - SC, 21/11/2018 - 14:27Atualizado em 21/11/2018 - 15:12
(foto: Daniel Búrigo/ arquivo/ A Tribuna)
(foto: Daniel Búrigo/ arquivo/ A Tribuna)

A partir deste mês, o Programa de Proteção e Defesa do Consumidor (Procon), de Criciúma, cria o ranking dos postos de combustíveis com preços mais baratos no município. Com a iniciativa o órgão tem objetivo de identificar a diferenciação dos preços, incentivar a promoção da livre concorrência e coibir as práticas de infrações à ordem econômica no mercado, evitando a formação de cartel e incentivando consumidores a consultarem os valores antes de abastecerem seus veículos.

O coordenador do Procon, Gustavo Colle, ressalta que o ranking é inédito na cidade e deve ajudar a coibir práticas abusivas. Colle afirma que, com a redução gradativa dos valores repassados pela Petrobrás nas últimas semanas, o Procon quer que essa redução seja aplicada também na bomba de combustível e repassada ao consumidor. “Sabemos da livre concorrência, mas sempre vamos dar ênfase na proteção dos interesses dos consumidores quanto ao preço e ofertas dos produtos e serviços, conforme o Código de Defesa do Consumidor”, justifica.

O Procon realizou nesta terça-feira (20) em 40 postos de combustíveis de Criciúma que apresentou uma variação menor preço para o maior de 5% na gasolina comum, 15% na gasolina aditivada, 17% no etanol e 20% no diesel. Na gasolina comum o menor preço encontrado foi de R$ 4,09, no Posto Rosso no bairro Quarta Linha e o maior preço, de R$ 4,29, foi encontrado nos Postos Angeloni, Centro e Próspera. A gasolina aditivada mais em conta pode ser encontrada no Posto Cerimbelli, no Morro Estevão, por R$ 4,10, já no Posto Barp, no Pinheirinho, está sendo vendida a R$ 4,83.

O coordenador do Procon diz ainda que é fundamental que o consumidor esteja sempre atendo aos preços já que, dependendo do posto onde abastece, pode-se ter um impacto elevado no orçamento. "Se pesquisar antes de encher um tanque de 50 litros, por exemplo, poderá ter uma economia de até R$ 10,00 na gasolina comum, de até R$ 36,50 na gasolina aditivada, R$ 33,00 no etanol, e até R$ 40,00 no Diesel", exemplificou.

A qualidade dos combustíveis de cada posto não foi levada em consideração pelo Procon e fica a critério do consumidor a escolha do estabelecimento a fim de evitar danos ao veículo, sempre verificando a procedência do combustível. A orientação do Procon é que, em caso de dúvidas, informações e denúncias, o consumidor procure o órgão que funciona de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h, sem fechar ao meio-dia.

Confira as tabelas: