Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...
FIQUE POR DENTRO DE TODAS AS INFORMAÇÕES DAS ELEIÇÕES 2024!

União entre as artes plásticas e a música marcam abertura de mostra na Acic

"Juarez Machado: Cidadão do Mundo" pode ser visitada até 27 de abril

Por Redação Criciúma, SC, 11/03/2023 - 11:02
Foto: Divulgação/ Acic
Foto: Divulgação/ Acic

Quer receber notícias como esta em seu Whatsapp? Clique aqui e entre para nosso grupo

Uma noite que uniu as artes plásticas e a música. Assim foi a abertura oficial da exposição "Juarez Machado: Cidadão do Mundo", nessa quinta-feira, 9, na sede da Associação Empresarial de Criciúma (Acic). O evento, que integra o Projeto de Cultura da entidade, contou com um recital da Camerata di Venezia, reunindo um grande público.

 Em parceria com o Instituto Internacional Juarez Machado (IIJM), estão expostas, pela primeira vez em Criciúma, 20 gravuras produzidas pelo artista em Paris e no Rio de Janeiro a partir de 2015. As obras, assinadas e numeradas, reproduzem experiências vivenciadas pelo artista em diversos países.

Os apreciadores da arte terão até 27 de abril para visitar, na galeria Acic, a exposição. A visitação é gratuita, podendo ser realizada das 8h às 22h.

As peças retratam o universo feminino, em cenas que remetem ao movimento do tango, à musicalidade do jazz, à espiritualidade do vinho, à beleza, à alegria e ao bom gosto. "É apenas um recorte, uma síntese do universo de Juarez Machado, que tem mais de 20 mil obras em vários países. A exposição teve um critério curatorial de trazer obras que representassem um pouco dessa trajetória", ressalta Edson Machado, presidente do instituto.

Curador da mostra e irmão do artista, ele destaca o apoio dado pela entidade empresarial à Cultura. "A galeria de arte da Acic é um espaço generoso, proporcionando o acesso gratuito à arte. Esse projeto é um exemplo para outras associações empresariais do Estado", enaltece. 

"A Cultura está relacionada diretamente à geração do conhecimento e ao exercício do pensamento, que são valores essenciais para o desenvolvimento da sociedade. Diante dessas crenças, a Acic mantém há mais de sete anos o Projeto de Cultura, que se fortalece ano a ano, valorizando e destacando os talentos artísticos", declara o presidente da entidade, Valcir José Zanette.

Exaltação à música clássica e erudita

Conduzida pelo maestro Luiz Fernando São Thiago, a Camerata di Venezia executou seis peças, passeando pelo clássico, o erudito e incluindo no repertório duas composições dos Beatles.

Aplaudida de pé pela plateia, a orquestra voltou a se posicionar para um bis, sendo novamente reconhecida com muitos aplausos. "Agradecemos à Acic pelo acolhimento. Para esses jovens músicos, estar aqui é a realização de um sonho", exaltou o maestro.

Formada por 20 componentes fixos, com a coordenação do maestro Luiz Fernando São Thiago, também diretor artístico da orquestra, a Camerata di Venezia prevê para a temporada 2023 a apresentação de 20 concertos na região Sul, viabilizados por meio da Lei Rouanet, projeto que no momento está na fase de captação de recursos e também recebe o apoio da Acic.

"Na condição de empresários, temos o dever de apoiar, pois a nossa região precisa de uma orquestra desse nível. Estou emocionada por recebermos a Camerata di Venezia e a exposição 'Juarez Machado: Cidadão do Mundo'. Em meu nome e em nome da equipe do Projeto Cultura Acic faço um agradecimento a esses artistas fantásticos e a essa plateia maravilhosa, que nos prestigiou nessa noite", frisou a coordenadora do Cultura Acic, Iara Gaidzinski.

O projeto tem a mentoria de Benito Gorini Borges e é composto também pela diretora executiva da Acic, Maria Julita Volpato Gomes, e pela empresária Maria Salete Budni Milanezi. Na extensa programação preparada para 2023, serão evidenciadas diversas manifestações artísticas.

Copyright © 2022.
Todos os direitos reservados ao Portal 4oito