Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...
CORONAVÍRUS - Saiba mais aqui

Unesc leva Feira da Economia Solidária para Balneário Rincão

Atividades vão ocorrer todas as quartas-feiras durante os meses de janeiro e fevereiro
Redação
Por Redação Criciúma - SC, 08/01/2020 - 13:21Atualizado em 08/01/2020 - 13:23
Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

Na temporada de verão 2020, os moradores e veranistas de Balneário Rincão vão poder adquirir artesanatos e alimentos diretamente do produtor. Todas as quartas-feiras dos meses de janeiro e fevereiro, das 8 às 14 horas, ocorrerá a Feira da Economia Solidária da Unesc. Nesta quarta-feira (8/1), artesãos e agricultores familiares de associações e cooperativas do Sul do Estado já estão no calçadão do município comercializando seus produtos. A iniciativa em Balneário Rincão conta com a parceria da prefeitura.

Na manhã desta quarta-feira, os participantes da Feira foram recepcionados pela diretora de Extensão, Cultura e Ações Comunitárias da Unesc, Fernanda Sônego. “Estamos muito felizes com a oportunidade de levar a extensão da Universidade por meio da Feira de Economia Solidária, ao Rincão. Com esta iniciativa a Unesc também coloca em prática a sua missão de estimular o desenvolvimento da região e se aproxima ainda mais da comunidade. A Feira da Economia Solidária é uma oportunidade ímpar de mostrar o talento dos expositores e de comercializar produtos com qualidade e a preços acessíveis”, afirma.  

A Feira é uma realização do Programa de Ações em Economia Solidária (PAES), projeto de extensão da Unesc que apoia a geração de trabalho decente e renda através da Economia Solidária. A iniciativa ocorre semanalmente no campus da Unesc desde 2012.

A bandeira da Economia Solidária

A Economia Solidária é um jeito diferente de produzir, vender, comprar e trocar o que é preciso para viver. Com o princípio de não explorar e nem querer levar vantagem sobre o outro, a Economia Solidária observa ainda a produção sem degradar o ambiente. Cooperação e fortalecimento da pessoa e do grupo também fazem parte da filosofia da Economia Solidária, que vem se apresentando, nos últimos anos, como alternativa de geração de trabalho decente e renda e uma resposta em favor da inclusão social.

Tags: unesc