Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...

Unesc cada vez mais inserida na sociedade

Objetivo da universidade é estar onde as principais atividades acontecem
Por Erik Behenck Criciúma - SC, 25/06/2019 - 09:40

A Unesc deve estar onde a sociedade aparece com mais destaque. Essa é a opinião do primeiro reitor da universidade, Edson Carlos Rodrigues, que esteve junto com a atual ocupante do cargo, Luciane Ceretta, no Programa Adelor Lessa. No começo eram aproximadamente 2 mil alunos, agora já são mais de 13 mil.

“A gente teve que cumprir todos os requisitos e ao mesmo tempo fazer o exercício de recuperar a instituição, projetando o seu nome na sociedade. Na época a Acic fez uma pesquisa entre os seus sócios e um deles era a transformação da Fucri em universidade”, disse Edson, citando a transformação de Fucri em Unesc.

Segundo ele, que voltou recentemente para a Unesc como assessor institucional, a universidade está de portas abertas para a comunidade. Assim, estão sendo realizados eventos como o Fórum Rincão do Amanhã, que acontece no sábado (29). Para a reitora Luciane Ceretta, é preciso manter o olho no olho, além das tecnologias.

“O caminho está muito bem traçado e precisamos definir os parceiros para dar segmento”, citou. “A gente evoluiu muito qualitativamente, a ponto de ter sete programas de mestrado e cinco de doutorado. Isso não é para qualquer um”, comentou a reitora.