Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...

"Transmissão comunitária está 11 vezes maior do que o ano passado", afirma secretário de Criciúma

Nesta quarta-feira a cidade chegou a marca de mais de mil casos ativos de covid-19
Por Vitor Netto Criciúma - SC , 12/01/2022 - 18:19 Atualizado em 12/01/2022 - 18:40
Foto: Arquivo
Foto: Arquivo

Quer receber notícias como esta em seu Whatsapp? Clique aqui e entre para nosso grupo

Na segunda-feira, 10, o secretário de Saúde de Criciúma, Acélio Casagrande, fez uma projeção que nesta semana a cidade ultrapassaria a marca dos mil casos ativos. Nesta quarta-feira, 12, Criciúma atingiu a marca. O último boletim epidemiológico da prefeitura registrava 1.157 casos ativos confirmados. 

"A minha previsão era de passar dos mil casos até sexta e hoje, quarta, atingimos essa marca. Com isso, a gente percebe que há sim uma transmissão comunitárias continua na cidade. A transmissão está 11 vezes maior do que no ano passado", explicou o secretário Acélio ao programa Ponto Final nesta quarta-feira. 

Outro dado destacado pelo secretário é sobre a taxa de internação. "Apesar de ter uma transmissão comunitária mais rápida, no ano passado cada dia no balanço dos casos ativos, 5 a 10% internavam. Hoje apenas 1% desses casos ativos acabam ficando hospitalizados", completou. 

O secretário também comenta sobre a grande procura por atendimento. "O que está acontecendo é uma correria para fazer o teste. Não procurem as Unidades Básicas de Saúde (UBs) porque teve contato. Se teve, fica 7 dias de isolamento, sem necessidade de procurar teste. Pois com isso há um acumulo de atendimento. Então procurem quando realmente estiver com sintomas", completou. 

Copyright © 2021.
Todos os direitos reservados ao Portal 4oito