Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...
4

Trabalhadores e empresários da cerâmica terão audiência de reconciliação

Encontro será na terça-feira e expectativa é por acerto com ganho real à classe trabalhadora
Heitor Araujo
Por Heitor Araujo Criciúma, SC, 22/02/2021 - 17:35
Greve foi deflagrada no último sábado (Foto: Divulgação)
Greve foi deflagrada no último sábado (Foto: Divulgação)

Na terça-feira, 23, está marcada a Audiência de Conciliação entre a classe patronal e trabalhadora do setor cerâmico. Paralisações foram deflagradas no último fim de semana, após desacordo em relação ao reajuste salarial, mas duas empresas já apresentaram propostas aceitas pelos trabalhadores.

A expectativa no sindicato dos trabalhadores é que a Audiência de Conciliação, no Tribunal Regional do Trabalho (TRT), tenha a revisão da proposta da classe patronal, rejeitada por 70% da categoria.

“Sem aumento real, reduzindo o intervalo de almoço/jantar para 30 minutos e implantando a “Escala Marshall” (jornada com dois ou três dias seguidos de 12 horas de trabalho), entre outras  medidas, a categoria não concorda e o movimento continua e o sindicato continuará seguindo todas as deliberações das assembleias”, disse Itaci de Sá.

O primeiro ato de greve foi deflagrado na empresa Angel Gres, na noite de sábado; já na madrugada de domingo, com a contraproposta da diretoria, de aumento de 6,5% no salário, os trabalhadores aprovaram por unanimidade a retomada das atividades.

Segundo Itaci de Sá, a classe espera ter ganho real, pois "as empresas atravessam seu melhor momento e têm expectativa muito boa para o futuro, diante da retomada da economia", segundo o sindicalista.