Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...

Tigre entra em campo para consolidar arrancada

Ambiente melhorou, chance de escapar da queda aumentou e terça-feira tem mais um confronto decisivo, desta vez contra o Paraná Clube
Heitor Araujo
Por Heitor Araujo Criciúma - SC, 19/11/2019 - 08:04
Tigre está embalado com 4 pontos nos últimos dois jogos (Foto: Caio Marcelo / Criciúma EC)
Tigre está embalado com 4 pontos nos últimos dois jogos (Foto: Caio Marcelo / Criciúma EC)

Com a esperança renovada e o sonho de escapar do rebaixamento mais palpável, o Criciúma recebe o Paraná Clube, nesta terça-feira, 19, às 19h15. O confronto abre a 37ª rodada e uma vitória do Tigre pode colocar pressão sobre os rivais na luta contra a degola.

Com 35 pontos, uma vitória contra o Paraná, aliada a um empate ou derrota do Oeste contra o Vila Nova e um tropeço de Londrina ou Figueirense, o Tigre enfrentará o rubro-negro paulista na última rodada dependendo apenas de si para fugir do rebaixamento.

Para o confronto desta terça-feira, Roberto Cavalo terá apenas o desfalque do reserva Vinícius, suspenso pelo terceiro cartão amarelo. O técnico praticamente confirmou a equipe que entrará em campo, com o retorno de Carlos Eduardo à lateral direita e a manutenção de Reis no meio-campo.

Assim, ele volta ao esquema com quatro defensores, mantendo a estrutura que venceu o Londrina por 2 a 0 na 35ª rodada. Andrew, com dois gols nos últimas dois jogos, forma dupla de ataque com Léo Gamalho, com Reis - que recebe sustentação do tripé de volantes Eduardo, Wesley e Foguinho - chegando de trás.

Para os paranaenses, o confronto vale quase nada. Depois da derrota contra o Atlético Goianiense, por 1 a 0 em Goiânia, o Paraná tem chances remotas de acesso. Está na 7ª colocação, com 54 pontos – quatro a menos do que o Atlético, 4º lugar.

Ainda assim, o discurso no Heriberto Hülse é de respeito ao adversário. Cavalo chamou a atenção para os perigos ofensivos do adversário, mas prometeu uma marcação alta para tentar roubar a bola perto do gol e conseguir a vitória.

Cavalo pede marcação alta contra o Paraná (Foto: Celso da Luz / Criciúma EC)

Paraná com desfalques

O técnico Matheus Costa, o mesmo que conseguiu o acesso com o Paraná em 2017, terá quatro desfalques para o confronto contra o Tigre: Leandro Almeida, zagueiro experiente, Fernando Neto e Judivan, suspensos, e o talentoso João Pedro, meio-campista, vetado pelo Departamento Médico.

O técnico terá a volta do goleiro Thiago Rodrigues, que cumpriu suspensão contra o Atlético. "Temos que honrar o nome do Paraná Clube, encerrar a temporada da melhor forma possível. Vamos buscar os seis pontos e depois a gente vai ver em qual posição vamos terminar o campeonato", disse Matheus Costa à Rádio Transamérica, de Curitiba.

A derrota para o Atlético barrou a ascensão paranista na tabela de classificação. Ao todo, são 54 pontos, 30 gols marcados e 29 gols sofridos. Como visitante, o Paraná tem 24 pontos, também sendo a sétima melhor campanha, com 7 vitórias.

Tigre confiante

A esperança em um milagre deu lugar à matemática. De calculadora na mão, o Tigre percebeu que as chances de escapar do rebaixamento aumentaram consideravelmente nas últimas duas rodadas, quando fez quatro pontos, inclusive empatando contra o campeão Bragantino, em Bragança Paulista.

Projetando um duelo decisivo, o técnico Roberto Cavalo pediu o apoio do torcedor Carvoeiro, em mais uma partida com preço promocional no Heriberto Hülse, R$ 10 o ingresso.

"Não tenho dúvida que a torcida vai vir de novo e fazer a sua parte. A gente tá devendo pro torcedor. É o último jogo no Heriberto Hülse. Da forma como foi sofrido, a gente precisa dessa vitória, contra um clube forte que é o Paraná. Temos que deixar a melhor impressão possível para a cidade. É um campeonato que podia ter terminado, por alguns detalhes, mas aqui estamos com condições boas de permanência na Série B. Vai ser um grande jogo e temos que vencer", afirmou.

O meia Foguinho confirmou o discurso de apoio do torcedor para conseguir a vitória. "O apoio do torcedor sempre foi fundamental, sempre foi nosso 12º jogador. Amanhã é um jogo muito decisivo, a gente precisa do apoio deles o jogo inteiro", disse.

Foguinho está confirmado para a partida (Foto: Jota Éder / Timaço / Rádio Som Maior)

Sem mais alternativas, o Tigre precisa da vitória para viajar ao interior paulista na última rodada sedento pela vitória e a permanência na Série B, algo que há três rodadas parecia inimaginável.

Ficha técnica

Criciúma x Paraná, válida pela 37ª rodada da Série B

Horário: 19h15

Local: estádio Heriberto Hülse

Arbitragem: Daniel Bins, auxiliado por Leirson Martins e Fabrício Baseggio (RS)

Criciúma: Paulo Gianezini; Carlos Eduardo, Sandro, Derlan e Marlon; Eduardo, Foguinho, Wesley e Reis; Andrew e Léo Gamalho. Técnico: Roberto Cavalo

Paraná: Thiago Rodrigues; Éder Sciola, Rodolfo, Fabrício e Guilherme Santos; Luiz Otávio, Itaqui, Matheus Anjos e Jhemerson; Bruno Rodrigues e Jenison. Técnico: Matheus Costa