Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...
4

SPDM deverá repor medicamentos no HRA

Ontem justiça obrigou Associação a retomar atendimentos do pronto-socorro
Por Clara Floriano Criciúma - SC, 29/11/2017 - 08:43Atualizado em 29/11/2017 - 08:47

Na tarde de ontem a justiça decidiu a favor do Governo de Santa Catarina, obrigando a Associação Paulista para o Desenvolvimento da Medicina (SPDM) a cumprir o contrato e retomar os atendimento no pronto-socorro do Hospital Regional de Araranguá por pelo manos mais 120 dias.

Segundo Patrícia Paladini, gerente regional de Saúde da ADR de Araranguá, ontem quando foi entregue a intimação aos representantes da SPDM no Regional, eles ainda não tinham sido notificados pelo oficial de justiça. “Entregamos às 17h30 e a partir das 18h eles reabriram o pronto-socorro”, contou.

Sobre a SPDM ter zerado os medicamentos da unidade, Patrícia disse que a decisão da justiça inclui os insumos. “A responsabilidade final é da SPDM, daqui 20 minutos estaremos nos reunindo para que seja supervisionada essa questão. Caso não tenham insumos, a superintendência vai ser notificada imediatamente”, esclareceu.

De acordo com a gerente regional, a Associação ainda pode tentar mudar a situação. “Agora é um processo judicial e pode haver ainda alguma ação da SPDM para que isso retroceda, mas até o momento vamos fazer com que a SPDM cumpra contrato”, explicou.