Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...

Senai quer que alunos do Bairro da Juventude tenham vínculo com a indústria

Dos 400 jovens beneficiados, apenas 170 deles já estão trabalhando na área
Por Erik Behenck Criciúma - SC, 29/11/2018 - 12:18Atualizado em 29/11/2018 - 12:20

Atualmente o convênio entre o Senai e o Bairro da Juventude beneficia 400 jovens. Segundo o diretor do Senai em Criciúma, Maximiliano de Oliveira Alves, será preciso realizar uma adequação, onde os alunos precisam já ter envolvimento com a indústria. Do total, apenas 170 alunos trabalham no setor e portanto poderiam continuar com o benefício, para os demais, o dinheiro seria reduzido.

“Essa adequação, toda escola do Senai segue, para facilitar a fiscalização. É uma orientação que já foi dada há muito tempo para que o Bairro siga, chegamos num momento que não tem mais como segurar”, afirmou em entrevista ao Programa Adelor Lessa. “Hoje o Bairro possui cerca de 30% de alunos que possuem esse vínculo, o repasse não seria cortado, mas, sim reduzido”, completou o diretor do Senai.

Confira a entrevista na íntegra: