Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...
CORONAVÍRUS - Saiba mais aqui

Sem São Donato, Materno Infantil vai lotar

Prefeito reforça pressão de Içara para que o Estado faça o repasse mensal de R$ 150 mil, atrasado desde dezembro
Denis Luciano
Por Denis Luciano Içara, SC, 26/04/2019 - 12:13Atualizado em 26/04/2019 - 12:15
Arquivo / 4oito
Arquivo / 4oito

Desde dezembro o Governo do Estado não está repassando os R$ 150 mil mensais contratados para a manutenção da maternidade do Hospital São Donato, em Içara. A instituição anunciou ontem a suspensão dos serviços a partir das 12h de 30 de abril. 

"Adiantamos um pagamento de um determinado mês para ajudar. Essa dívida que o Estado acumula desde dezembro de 2018 está inviabilizando a manutenção, sem esse recurso a maternidade não tem como funcionar. O que queremos é que o Estado pague aquilo que está previsto em contrato desde 2015", comentou o prefeito de Içara, Murialdo Gastaldon, em entrevista coletiva no fim da manhã desta sexta-feira.

"Eu espero que hoje mesmo o secretário de Saúde dê a notícia de que o dinheiro será depositado. Diferente disso, vamos chamar os deputados estaduais para que eles intercedam e cumpram o que está contratado", referiu.

A secretária de Saúde do município, Jaqueline dos Santos, prevê impacto para Criciúma. "Vai acabar superlotando o Materno Infantil em Criciúma, essa demanda toda, teremos condições de atender lá? Nossa preocupação está nesse sentido. E o que vamos fazer com nossas gestantes de Içara e dos municípios que usam a nossa maternidade?", indagou. A orientação para as gestantes que buscam o São Donato procurem o Hospital Materno Infantil Santa Catarina (HMISC) a partir da tarde da próxima quarta-feira. "Procurar o Materno Infantil a partir das 12h do dia 30 de abril. Esperamos que até lá isso seja resolvido pelo Estado", finalizou.

Ouça detalhes no podcast.