Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...
4

Secretaria de Saúde de Santa Catarina presta esclarecimentos sobre a distribuição de doses da vacina contra a Covid-19 que chegaram quinta-feira

Redação
Por Redação Florianópolis, SC, 02/04/2021 - 13:43Atualizado em 02/04/2021 - 13:46
Foto: arquivo/4oito
Foto: arquivo/4oito

A Secretaria de Estado da Saúde de Santa Catarina informa que recebeu na última quinta-feira, 1º de abril, uma nova remessa com um quantitativo de 309.050 doses da vacina contra a Covid-19. Deste total, 18.250 doses são da vacina Oxford/Astrazeneca e 290.800 da vacina Sinovac/Butantan.

De acordo com o nono informe técnico do Programa Nacional de Imunizações do Ministério da Saúde (MS), durante a reunião extraordinária tripartite de 30 de março de 2021, com a participação do MS, Conselho de Secretários Estaduais e Municipais e representantes dos laboratórios (Butantan e Fiocruz) foi divulgado um novo cronograma de entrega das vacinas Sinovac/Butantan e Astrazeneca/Fiocruz ao Ministério para o mês de abril de 2021.

Fonte: Ministério da Saúde (MS)

Conforme o cronograma acima, até o momento, o laboratório Butantan prevê a entrega de apenas 4.500.000 doses da vacina Sinovac/Butantan no mês de abril. Pela estimativa, considerando que o laboratório Butantan entregou nessa última remessa 8.000.000 de doses da vacina Sinovac/Butantan para o Ministério da Saúde, que destinou 290.800 doses para Santa Catarina, caso se mantenha a previsão de entrega de apenas 4,5 milhões de doses para o mês de abril, a estimativa é que o estado receba mais 163.500 doses.

Portanto, considerando que o estado de Santa Catarina distribuiu 404.600 doses da vacina Sinovac/Butantan para todos os 295 municípios entre os dias 17 e 27 de março e que, até o momento, existe a estimativa de recebermos 454.300 doses até o final do mês de abril, das quais 290.800 já foram recebidas, é fundamental que seja garantida a segunda dose de todas as pessoas que receberam a primeira dose da vacina Sinovac/Butantan em um intervalo de 28 dias após a primeira dose.

Além disso, houve a inclusão do grupo de profissionais das forças de segurança e salvamento e forças armadas, que incluem aqueles diretamente envolvidos no atendimento e/ou transporte de pacientes, em resgates e atendimento pré-hospitalar nas ações de vacinação contra a Covid-19 e na implantação e monitoramento das medidas de distanciamento social, com contato direto com o público, independente da categoria.

Desta forma, durante a reunião extraordinária da CIB, realizada na noite de quinta, 1º de abril, foi discutido com todos os municípios essa situação, sendo acordado que todos deverão dar continuidade à vacinação, convocando as pessoas que estão dentro do período de 21 a 28 dias para tomarem a segunda dose da vacina, assim como realizarem a busca ativa daquelas pessoas pertencentes aos grupos já abertos que ainda não foram vacinadas. Além disso, ficou determinado pela Secretária Carmen Zanotto que a Diretoria de Vigilância Epidemiológica avaliasse a possibilidade de redirecionar cerca de 20% da vacina Sinovac/Butantan, que foram recebidas como D2, para aplicação da D1, dando continuidade à campanha de vacinação com a inclusão de novos grupos. A Secretária informou também que está em contato permanente com o Ministério da Saúde para que seja dado celeridade ao envio de novas doses para serem utilizadas como D1 e, irá pessoalmente a Brasília no início da próxima semana, tratar da regularização do número de doses que o estado necessita para vacinação de 100% dos trabalhadores de saúde e população acima de 60 anos de idade.

Durante a reunião, foi informado também que a SES/SC já encaminhou nos dias 26 e 27 de março 43.200 doses da vacina Sinovac/Butantan para serem aplicadas como D2, de forma a complementar o esquema vacinal.

Desta forma, ficou definido que a Secretaria de Estado da Saúde de Santa Catarina iniciará neste sábado, 3 de abril, o envio de 60 mil doses da vacina Sinovac/Butantan para aplicação da D1 e 147.400 doses para aplicação da D2 para todos os municípios catarinenses.