Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...
4

“Se numa vida inteira a coisa tá dando errada, temos que virar a chave”, diz Napoleão Bernardes

O pré-candidato a governador de Santa Catarina esteve no Programa Adelor Lessa desta quinta-feira, 18
Letícia Ortolan
Por Letícia Ortolan Criciúma - SC, 18/11/2021 - 08:15Atualizado em 18/11/2021 - 09:38
Foto: Vitor Netto / 4oito
Foto: Vitor Netto / 4oito

O quadro Plenário desta quinta-feira, 18, conduzido por Adelor Lessa com a participação de Upiara Boschi, trouxe como um dos seus entrevistados, Napoleão Bernardes (PSD). O ex-prefeito de Blumenau, destacou sobre os planos futuros e alinhamentos da sua coligação com outros partidos, para oferecer resultados nas eleições de 2022. 

Conforme Bernardes, o PSD não irá fazer oposição contra o governo de Carlos Moisés. “Não iremos fazer isso apenas por fazer, continuaremos na nossa posição de coerência, torcendo para que o Estado vá bem”, explicou. No entanto, na opinião de Boschi, esse posicionamento esclarece que o partido não estará numa composição com a atual gestão Estadual.

Como pré-candidato a governador de Santa Catarina , frisa “precisamos de inteligência administrativa para tratar de alguns temas de problemas crônicos”. Alguns dos exemplos destacados são o deslocamento da população, transitando por rodovias precárias, para ter acesso a Saúde e SC’s em estado precário. 

Como solução, Napoleão Bernardes visa a implantação de Unidade Móvel de Saúde nos municípios e investimentos em concessão sem pedágios das rodovias catarinenses.  “Se numa vida inteira a coisa tá dando errada, temos que virar a chave”, pontuou. 

Ouça a entrevista completa na íntegra: