Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...

Saiba qual a importância do pré-natal odontológico para as gestantes

Procedimento evita que mulheres grávidas tenham doenças relacionadas à cavidade bucal. Programa incentiva municípios a ampliarem a oferta desse serviço
Por Roberta Martins Criciúma, SC, 29/06/2022 - 14:44 Atualizado em 29/06/2022 - 15:31
Foto: Divulgação/ Freepik
Foto: Divulgação/ Freepik

Quer receber notícias como esta em seu Whatsapp? Clique aqui e entre para nosso grupo

Durante a gravidez, o corpo das mulheres sofre grandes alterações hormonais, inclusive, relacionadas à cavidade bucal. Segundo a odontopediatra Kizzy Cancellier, há mitos por trás desta situação, o que acaba ocasionando doenças odontológicas. 

Segundo a dentista, as gestantes têm que se cuidar muito mais, por isso, deve-se fazer o pré-natal odontológico para prevenir agravos." O descuido das grávidas pode levar a ter cárie. Não é a gestação que vai ocasionar a ter cárie e, sim, a falta de limpeza”, comenta. 

Em questões de doenças gengivais, há estudos relacionados, nos quais apontam que as alterações hormonais da gestação são mais propícias a ter gengivite e periodontite. “Se a gestante descuidar com a higiene, pela questão hormonal, é mais propício a ter essas doenças”, explica a dentista.  

Exames de radiografia, tratamento ou prevenção contra doenças são indicados às mulheres grávidas. “A radiografia odontológica é voltada para a área da cabeça, mas são utilizados aventais de chumbo para proteger. A radiação desse tipo é muito pequena. Só que não pode ser usado sem necessidade. O caso de anestesia é a mesma coisa, já existe anestésicos para elas”, recomenda Kizzy.  

É recomendado que as gestantes evitem fazer tratamentos estéticos, como restauração e clareamento. De acordo com a dentista, ainda não se tem conhecimento se é seguro esse tipo de procedimento em mulheres grávidas.   

Conheça o Programa Previne Brasil 

Para incentivar os municípios a ampliar a oferta desse serviço, o Ministério da Saúde está premiando com recursos as cidades que alcançaram ou superaram as metas e garantiram atendimento pré-natal a pelo menos 43% das grávidas. Só neste ano, são mais de R$ 10,5 milhões a mais de investimentos dentro do Programa Previne Brasil. 

“O Programa Previne Brasil é um novo financiamento da pensão básica. Ele veio para trazer mais recursos, têm vários indicadores que são avaliados pelo Ministério da Saúde. A criação do programa foi em 2019 e, neste ano de 2022, iniciaram as avaliações”, explica o ferente de Saúde Bucal de Criciúma, Cristian da Silva Serpa. 

As avaliações são feitas em períodos quadrimestrais. Nos primeiros quatro meses deste ano, Criciúma superou as metas de 2021. “Já estamos com 67% das gestantes alcançadas. Ano passado, também conseguimos superar a meta, tivemos 50% mulheres atendidas”, comenta Serpa. 

 

Copyright © 2021.
Todos os direitos reservados ao Portal 4oito