Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...

Rota dos exames falsos para caminhoneiros passa por Criciúma

Motoristas usuários de drogas chegam a pagar até R$ 2 mil pelas falsificações
Por Erik Behenck Criciúma - SC, 22/04/2019 - 11:18
O promotor Gustavo Wiggers
O promotor Gustavo Wiggers

Criciúma é uma das cidades na rota de fraudes envolvendo laudos médicos para motoristas de caminhões usuários de drogas. A situação foi apresentada em uma matéria exibida pelo Fantástico, na noite de domingo (21). O exame toxicológico é obrigatório para a renovação da carteira da habilitação desta categoria desde 2016.

"Constatamos que existia uma laboratório em Criciúma que estava promovendo a venda de exames com garantia de resultado negativo", afirmou o promotor de Justiça de Santa Catarina, Gustavo Wiggers. "Realmente é um perigo muito grande que os exames tenham sido fraudados dessa forma, permitindo que os caminhoneiros continuem exercendo as atividades", completou.

Entre janeiro e julho de 2018, 291 motoristas foram flagrados em situação irregular em quatro estados: Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Paraná e São Paulo. Em Criciúma um salão de beleza estava envolvido no esquema, de onde pegavam fios de cabelos para a falsificação de exames. O custo poderia chegar a R$ 2 mil.