Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...

Repasses para o Bairro da Juventude serão feitos pelo Sesi

Entidade é considerada “mais social” e adequada para a parceria do que o Senai
Por Erik Behenck Criciúma - SC, 10/12/2018 - 09:11
(foto: reprodução)
(foto: reprodução)

Na última sexta-feira (7), integrantes da direção do Bairro da Juventude se reuniram com lideranças da Federação das Indústrias de Santa Catarina (Fiesc) para discutir a continuidade do convênio que proporciona bolsas de estudos. Em entrevista ao Programa Adelor Lessa, o presidente da Fiesc, Mario Cezar de Aguiar explicou que os repasses estão garantidos para o próximo ano, mas, de uma nova forma.

“Em função de orientações que recebemos do conselho nacional, precisaríamos cancelar o convênio. Então, vimos que esse convênio poderia ser transferido para o Sesi, que tem um lado mais social. Resolvemos transferir parte do convênio pelo Sesi, não comprometendo em nada, assim cumprimos a orientação nacional”, revelou.

O presidente frisou que a decisão inicial vinha do comando nacional. E após conhecimento sobre o trabalho prestado pela entidade, foi buscada uma solução. “Houve uma sensibilização por parte da direção do Bairro da Juventude, que nos mostrou o belíssimo trabalho que fazem em Criciúma. Ficou bom para os dois lados”, afirmou Aguiar.
Governo Bolsonaro

O presidente da Fiesc falou também sobre como imagina os próximos anos. “Nós temos o observatório da indústria. Esse índice teve um incremento, chegando a 67 pontos e isso demonstra que tem uma confiança no novo Governo. Estamos muito otimistas, esperamos que nossa expectativa seja atingida, a recuperação deve ser retomada em 2019 e 2020”, analisou. 

Confira a entrevista na íntegra: