Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...

Queda de cabelo pós covid é comum; entenda o porquê 

Alterações metabólicas para combater a doença causam fios fracos e quebradiços
Por Redação Criciúma, SC, 30/01/2022 - 16:10
Fotos: Divulgação
Fotos: Divulgação

Quer receber notícias como esta em seu Whatsapp? Clique aqui e entre para nosso grupo

A infecção por coronavírus é capaz de provocar uma série de consequências drásticas ao corpo do paciente, dentre elas, a queda expressiva de fios de cabelo. Além da queda, o cabelo pode passar a apresentar um aspecto opaco, ficar mais fino e consequentemente mais quebradiço. 

Existem razões cientificamente comprovadas para isso: "o metabolismo altera todo o seu funcionamento após a infecção por coronavírus a fim de tentar conter o vírus. Isso faz com que o organismo desvie nutrientes para combater a doença e consequentemente, os cabelos ficam mais fracos", explica Daniela Lopez, especialista em estética e cosmetologia avançada pela UNIFESP. 

O vírus também pode afetar a saúde das unhas: "é impossível evitar esse impacto na saúde dermatológica pós infecção, pois faz parte do processo natural do corpo. Para evitar que a perda de cabelo se intensifique, é indicado evitar lavar os fios diariamente e interromper o uso de produtos químicos. E claro: uma dieta equilibrada é sempre essencial para a saúde dos cabelos e unhas", alerta a esteticista e cosmetologista Daniela Lopez.

Caso você sofra de queda de cabelo pós COVID-19, Daniela Lopez informa que o indicado é consultar um médico tricologista (especialista em saúde capilar) e um nutricionista. Outro cuidado importante é adotar uma rotina de cuidados capilares, incluindo hidratação dos fios, nutrição e reconstrução, a fim de melhorar o aspecto e nutrir as madeixas fragilizadas. 

Copyright © 2021.
Todos os direitos reservados ao Portal 4oito