Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...

Primeiro semestre teve 1 milhão de atendimentos na Saúde

Governo Moisés tem adotado práticas para evitar gastos com o setor
Por Redação Criciúma - SC, 17/07/2019 - 10:51

Servidores de carreira em funções estratégicas da Secretaria de Estado da Saúde (SES), critérios técnicos na alocação de recursos públicos, redução da dívida e melhorias nos processos de compra são algumas das marcas implantadas pelo setor nos primeiros 200 dias de gestão. Apenas nos primeiros seis meses deste ano, as unidades da Saúde estadual realizaram mais de 1 milhão de atendimentos. Para debater os resultados já alcançados e projetar os próximos passos na melhoria do atendimento ao cidadão, a SES organizou um seminário nesta terça-feira, 16, em Florianópolis. 

O governador Carlos Moisés participou da abertura do seminário, parabenizou os servidores pelos resultados já alcançados e reiterou que as melhorias precisam continuar.

“Nossos sistemas muitas vezes ficaram isolados. Sempre houve muita crítica quanto à transparência na saúde. Este foi um grande desafio, melhorar o controle e o acesso aos dados da saúde. Também temos avançado muito na melhoria das compras”, avaliou o governador.

“Quero que as pessoas que estão sendo atendidas sintam o resultado disso tudo, que sintam uma melhoria real, com profissionais cumprindo horários, hospitais limpos, organizados, sem faltar insumos, sem filas”, projetou Moisés.

O seminário seguiu durante toda a tarde, com apresentações das diretorias e superintendências da Secretaria de Estado da Saúde. De acordo com o secretário, Helton de Souza Zeferino, o principal avanço nesses 200 dias foi a valorização dos servidores com experiência dentro do setor, que passaram a ocupar cargos de gestão.

“Eles apresentaram várias ideias, apontaram situações que não eram conduzidas da melhor forma e nos ajudaram em processos vitoriosos, como a digitalização dos processos licitatórios”, mencionou o titular da pasta. “Estamos pensando no futuro, com uma política de investimentos bem desenhada, nos pilares da transparência, da eficiência e da produtividade. Seguiremos avançando. Melhorar sempre continua sendo a meta”, completou o secretário.

No período, conforme Zeferino, também houve maior agilidade na realização de cirurgias eletivas, R$ 200 milhões em dívidas quitadas e a passagem do gerenciamento do Fundo Estadual de Saúde à própria pasta, trazendo mais autonomia para o setor.

Números da saúde

Conforme balanço da Secretaria de Estado da Saúde, foram realizados mais de 1 milhão de atendimentos apenas nos primeiros seis meses de 2019. Os números se referem às cirurgias, atendimentos ambulatoriais ou de emergência, exames de imagem e internações. Os detalhes podem ser conferidos aqui.

Entre janeiro e junho foram realizadas 70 mil cirurgias nas unidades estaduais. O número de exames de imagem (raios X, ultrassonografia, entre outros) passou de 333 mil e as internações hospitalares somaram mais de 46 mil.

A SES ainda atendeu 281 mil pessoas em casos de emergências e registrou 31 mil atendimentos ambulatoriais. Além disso, foram registrados 9.202 nascimentos em unidades estaduais.

O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) registrou cerca de 170 mil ocorrências no primeiro semestre de 2019. A média total de atendimento de uma Unidade de Suporte Avançado é de menos de 15 minutos.

Tags: saúde