Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...
4

Presidente revela os segredos para o crescimento do Tubarão

Classificação na Copa do Brasil rendeu mais de R$ 1 milhão aos cofres do clube
Erik Behenck
Por Erik Behenck Criciúma - SC, 04/02/2018 - 17:49
(foto: reprodução)
(foto: reprodução)

O Atlético Tubarão é um clube que vem crescendo rapidamente. Após estrear na Série A do Campeonato Catarinense em 2017, a novidade de 2018 foi a Copa do Brasil, além da Série D do Campeonato Brasileiro, que começa em abril. O time recebeu R$ 500 mil pelo jogo contra o Fortaleza, e vai arrecadar mais R$ 600 mil, por ter avançado.

“Nós temos uma Série D esse ano. Nossa preparação começou antes da Copa Santa Catarina, lá por agosto, praticamente fizemos um calendário europeu. Para o Catarinense chegaram apenas nove jogadores. Viemos trabalhando para esse jogo da Copa do Brasil, que nos daria aporte para a Série D”, afirmou o presidente do clube, Luiz Henrique Ribeiro.

Um dos fatores para esse repentino sucesso é a gestão, sendo considerado um clube empresa. O Tubarão tem uma parceria com o Grêmio, para a transferência de jogadores, principalmente nas categorias de base, onde os gaúchos têm a preferência para compras.

“Só vem para o Tubarão atletas com pedigree. Ou seja, que tiveram uma boa base. Temos jogadores que passaram por Grêmio, Inter, Palmeiras, Goiás. São atletas que não tiveram alguma oportunidade, seja por uma lesão, por problemas familiares”, explicou Ribeiro.