Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...
CORONAVÍRUS - Saiba mais aqui

Praião 2019/2020 será na Zona Sul

Prefeito confirma a transferência de local da Arena do Praião. Hoje estrutura fica próxima ao calçadão
Por Lucas Renan Domingos Criciúma, SC, 27/02/2019 - 08:46
Fotos: Daniel Búrigo/A Tribuna
Fotos: Daniel Búrigo/A Tribuna

Com o fim da temporada 2018/2019 do Campeonato de Futebol de Areia de Balneário Rincão, o Praião, que terminou com o tricampeonato do Brasil Pedreiras, a prefeitura do município, agora, já pensa na edição do ano que vem. O modelo de disputa não deve alterar do que vem sendo praticado nas últimas edições, mas as jogos não mais ocorrerão próximo ao novo ponto turístico da cidade: o calcação.

Durante a edição do campeonato que se encerrou no último domingo, foi levantada a possibilidade da Arena do Praião trocar de lugar. O que irá se concretizar no ano que vem, garante o prefeito Jairo Custódio. “Isso já está definido. O Praião vai mudar de lugar. No ano que vem ele será na Zona Sul, vamos preparar uma estrutura boa por lá para manter o nível da competição”, destacou.

O motivo para a transferência do campo onde acontecem os jogos continua sendo o mesmo, o comportamento dos jogadores e, até mesmo de alguns veranistas. “Sabe como é atleta. Trocam de roupa em qualquer lugar, fazem xixi na areia. Não é nem por maldade e não são todos. É que jogador é assim mesmo, um pouco despreocupado. O problema é que tem gerado incômodo em algumas pessoas essas atitudes”, afirmou o secretário de Cultura, Esporte e Turismo de Balneário Rincão, Edmilson Braz Carlos, o Negão do Braz.

“O Praião atrai bastante gente. E alguns desses turistas acabam fazendo churrasco por ali. E isso não tem sido legal por conta da beleza do calçadão. São esses os motivos elencados por nós”, acrescentou o secretário.

Diálogo com clubes e população

Negão do Braz aponta ainda que já houve até conversas com representantes das equipes que disputam o Praião. “Ainda não é uma decisão”, amenizou. “Porém, é bem provável que será mesmo na Zona Sul. Inclusive os presidentes dos clubes foram comunicados, algumas lideranças da nossa cidade também”, comentou o responsável pela pasta.

Questionado se a população da região da Zona Sul do balneário aceitou receber a competição, o secretário respondeu que houve um primeiro contato com alguns moradores. O assunto ainda será melhor debatido com a comunidade daquela localidade.

“Acreditamos que não haverá problema algum. Ali na Zona Sul já fica o campo do Verãobol, do Suiço da Zona Sul. Então fica até melhor, porque todos esses campeonatos acabam ficando juntos”, ressaltou Negão do Braz.