Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...

Peça polêmica derruba presidente da Fundação Cultural

"Fui tirado da Fundação", afirma Serginho Zappelini. Salvaro não quis falar a respeito. Fez anúncio por nota
Por Redação Criciúma, SC, 21/11/2018 - 18:45Atualizado em 21/11/2018 - 23:51
Sala onde estava exposta a peça que gerou polêmica / Foto: Guilherme Hahn / A Tribuna
Sala onde estava exposta a peça que gerou polêmica / Foto: Guilherme Hahn / A Tribuna

A polêmica exposição de uma peça na última sexta-feira na Casa da Cultura culminou com a queda do presidente da Fundação Cultural de Criciúma (FCC). A decisão foi tomada em reunião, na tarde desta quarta-feira, entre Serginho Zappelini e o prefeito Clésio Salvaro. "Fui tirado da Fundação, eu não pedi saída, mas em ajuda a minha cidade, que tanto amo, vou fazer o evento do Natal, da inauguração do Centro Cultural e o 6 de janeiro (aniversário da cidade). Não vou deixar o governo na mão", enfatizou Zappelini.

O presidente continuará à frente da FCC nas próximas semanas, organizando os festejos de fim de ano até as comemorações de 6 de janeiro do ano que vem, quando então deixará o cargo. Conforme o jornalista Adelor Lessa, no Programa Ponto Final da Rádio Som Maior, o desgaste com a exposição de uma peça que representava um órgão genital masculino ocasionou o estremecimento e o desgaste que levou o prefeito a acordar sobre a mudança na FCC. Ouça abaixo.

Todo o problema começou após uma exposição realizada na sexta-feira passada, na Casa da Cultura, e que teve desdobramentos no sábado. Uma nota oficial foi publicada. Confira:

GOVERNO DE CRICIÚMA | NOTA OFICIAL
Contribuição à cultura
Após quase dois anos à frente da Fundação Cultural de Criciúma, Sérgio Zappelini não será mais o presidente da FCC. Serginho permanece no comando da pasta até dia 6 de janeiro, quando será celebrado o aniversário de 139 anos do município. O prefeito Clésio Salvaro, e o vice, Ricardo Fabris, agradeceram Zappelini pelo empenho e dedicação dispensados ao longo desse tempo em diferentes projetos. Fomentador da cultura estadual, Sérgio Zappelini deixa grande legado na gestão da pasta, com a reinauguração do Centro Cultural Jorge Zanatta, no próximo dia 14 de dezembro, a inauguração do Parque dos Imigrantes e ações em diferentes comunidades de Criciúma.