Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...
CORONAVÍRUS - Saiba mais aqui

Patrícia Poeta se reinventa a cada trabalho

Jornalista posou para campanha de nova grife da La Moda
Erik Behenck
Por Erik Behenck Criciúma - SC, 12/08/2018 - 18:35
(foto: reprodução)
(foto: reprodução)

A apresentadora Patrícia Poeta já passou por diversos programas na televisão e agora se aventura em um novo meio: a moda. Em entrevista para a jornalista Andressa Fabris e exibida no Ponto a Ponto, da Som Maior falou sobre essa experiência e sobre os caminhos que o jornalismo toma, incluindo as fake news. Também citou as diferenças entre sua área original e o entretenimento.

“No jornalismo tem um padrão inclusive no jeito de vestir na frente das câmeras. Tem um certo padrão ali, um jeito de vestir. É tudo muito diferente, hoje no entretenimento eu lido com coisas mais leves, meu estilo pode ser parecido com o fora da televisão. A rotina é diferente como o programa em si. São coisas diferentes dentro de uma mesma emissora”, comentou.

Uma questão bastante atual, principalmente durante o período que antecede eleições, as fake news geram grande problema para o jornalismo. Muitas vezes esse tipo de nota é feita por pessoas que não possuem formação e acabam compartilhadas com rapidez na internet. Patrícia Poeta definiu a questão como furada.

“Eu acho fake news extremamente perigoso, eu já fui vítima de fake news. Quem não tá participando até acha aquilo engraçado. Mexe com a pessoa que tá sendo vítima de fake news. A pessoa tem trabalho para mostrar que aquilo é mentira, é um boato sendo contado várias vezes. Até desfazer a notícia, as vezes nem consegue. Esse não é o jornalismo correto, para o qual eu trabalhei e acredito”.

Aos 41 anos, ela gosta de se reinventar, não apenas na televisão. Lembrou que foi modelo por um dia e sempre busca novos aprendizados. Patrícia posou para a recém-lançada grife ENNA, do Grupo La Moda. “Fui para estrelar uma campanha de uma marca que eu acredito, essa coisa de combinar a elegância com o lado contemporâneo”, completou.