Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...

O espetáculo da Serra do Rio do Rastro que vira gelo (VÍDEO)

A água que escorre da Serra do Rio do Rastro se materializa na SC-390. Razão de sobra para uma festa dos turistas
Denis Luciano
Por Denis Luciano Bom Jardim da Serra, SC, 07/07/2019 - 11:15Atualizado em 07/07/2019 - 13:04
O gelo toma conta da encosta e até da placa / Fotos / Vídeo: Denis Luciano / 4oito
O gelo toma conta da encosta e até da placa / Fotos / Vídeo: Denis Luciano / 4oito

O trânsito está lento na subida da Serra do Rio do Rastro. Bem lento. Parando por vários minutos. Há um helicóptero sobrevoando. "Acho que teve um acidente", diz um. "E deve ter sido um acidente sério", comentou outro. "É, tem até helicóptero. Podem estar resgatando alguém", sugeriu um terceiro. Tudo isso em meio a uma extensa fila que acompanhava o serpentear da SC-390, na subida de Lauro Müller em direção a Bom Jardim da Serra, na tarde deste sábado.

O congestionamento Serra acima emoldurado pelo sol. E pelo gelo

O frio era inclemente. O vento soprava constante. "Mais de 60km/h, com certeza", arriscava um. Sem ter como avançar na viagem, a solução, para os mais corajosos, era fechar o carro e passear pela pista. Aproveitar. E se encontrar com os paredões transformados em gelo. As fotos com esse cenário ao fundo pipocam nas redes sociais nas últimas horas.

Mas não tinha acidente algum. Era o congestionamento do gelo, ou para ver o frio materializado. O fenômeno é fascinante. Sabe-se que água escorre constantemente das encostas da Serra. Há alguns encachoeiramentos inclusive. Outros córregos que se formam. E via de regra a água alcança a pista. Com a temperatura baixando, até esse curso natural muda de figura. Tudo vira gelo. E o espetáculo está garantido.

A água que virou gelo na encosta

A placa coberta de gelo entrega. Parece que ela foi esquecida em um freezer e entregue ali. Crianças, adultos, homens, mulheres, senhoras e senhores, não há quem não se empolgue diante do bonito cenário. Tudo emoldurado pelo gelo. "É como estar dentro da geladeira", brincou uma menina, que corria com roupas que bem poderiam servi-la para logo deitar e dormir protegida do frio. Prova da democracia ao se vestir quando o assunto é afugentar a baixa temperatura.

E olha que o sol já brilhava àquela altura, meio de tarde de sábado. Esse visual, das paredes congeladas mesmo diante dos raios solares - claro que há encostas mais encobertas, onde a sombra prevalece por força da geologia - confirma a razão de a SC-390 ter sido bloqueada na madrugada gelada de sexta-feira para sábado. A água que vira gelo no paredão, vira gelo na estrada. E haja sal para dar condições de tráfego.

"Usamos 135 sacas, cada uma com 25 quilos. Faz as contas aí", contabilizava ainda ontem um dos bravos homens da Polícia Militar Rodoviária (PMRv) do Mirante, em Bom Jardim da Serra. Coube a eles esparramar mais sal ao longo do dia para garantir que a madrugada seguinte seria de tráfego aberto no trecho. Mesmo com o frio ficando ainda mais rigoroso, o trabalho rendeu frutos, e a rodovia não precisou mais ser bloqueada.

A curiosidade dos muitos que se aglomeram para ver o gelo de perto

Ou seja, o domingo repete o fervo de sábado. Quem quiser subir ou descer a Serra por Lauro Müller, a recomendação é de paciência. Você demorará para chegar no Mirante, e demorará para alcançar a planície de novo no retorno. E não é por acidente ou transtorno como sugerido no início dessa conversa. É sim por curiosidade mesmo. Os carros param, as pessoas reduzem, os motoristas encostam, o povo fotografa. Faz parte da festa do gelo. Registrar antes que evapore. Um troféu transitório mas marcante para quem curte passar um frio em nome do bom contato com a natureza.

Uma lembrança para a vida, de tempos em que o gelo molda. Congestionamento na Serra? É para ver gelo mesmo. Aproveite.