Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...

O correto descarte do lixo

Reportagem do 4oito denunciou o lixo que se acumula às margens da Via Rápida
Marciano Bortolin
Por Marciano Bortolin Criciúma, SC, 30/09/2020 - 10:34Atualizado em 30/09/2020 - 10:44
Foto: Arquivo/4oito
Foto: Arquivo/4oito

Nessa terça-feira, 29, o 4oito publicou reportagem denunciando o lixo que acumula às margens da Via Rápida, entre Criciúma e a BR-101, móveis antigos são os mais avistados e que estragam a paisagem. Além disso, caixas de papelão, garrafas pet, e tantos outros materiais inservíveis. 

Porém, onde descartar este lixo? A presidente da Famcri, Anequésselen Bitencourt Fortunato, explica como as pessoas devem proceder. “Temos um Ecoponto em Criciúma, localizado na rodovia Governador Jorge Lacerda em frente ao Iparque, da Unesc. Neste local, nós recebemos diversos tipos de materiais inservíveis. Geralmente encontramos móveis desmontados às margens de rodovias, então lá nós recebemos móveis, lixo eletrotônico, pilhas, lâmpadas, pneus, baterias. Recebemos todo este tipo de material”, falou em entrevista ao Programa Adelor Lessa, da Rádio Som Maior. 

Anequésselen tratou ainda dos entulhos. “Os entulhos cabe a cada gerador dar a destinação. A legislação hoje determina que o poluidor é o pagador. Quem gera o seu resíduo deve destinar. Hoje no município temos coleta de comum em todo o município, coleta de materiais recicláveis e o Ecoponto para este tipo de materiais. Entulhos, resto de obras, o gerador precisa dar a destinação correta”, concluiu.