Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...
CORONAVÍRUS - Saiba mais aqui

“Nunca fomos contra a volta do campeonato, desde que tenha segurança”, diz Serginho Lopes

Tigre jogaria no último domingo, diante do Marcílio Dias. Clube é um dos que foi contra o retorno neste momento
Marciano Bortolin
Por Marciano Bortolin Criciúma, SC, 13/07/2020 - 15:31
Foto: Arquivo / 4oito
Foto: Arquivo / 4oito

Em entrevista ao Programa Som Maior Esportes, o superintendente de Futebol do Criciúma, Serginho Lopes, falou da atual situação do futebol catarinense e da suspensão do Campeonato Estadual após a realização dos jogos de ida das quartas de final. 
Ele lembrou da preocupação com os atletas. “Sempre nos preocupamos com a situação. O Criciúma desde a sua diretoria até o departamento e futebol sempre se preocupou com a prevenção. Em cima dos protocolos, tudo isso foi cumprido. Voltamos dentro daquilo que foi determinado para o clube: iniciar a competição. Infelizmente aconteceu isso com Chapecoense, Criciúma, Joinville, Figueirense, jogadores que testaram positivo e agora é esperar o decreto do Estado. A Prefeitura já fez um comunicado que não permite jogos e nós vamos seguindo as normas”, salientou.

Após anúncio do prefeito Clésio Salvaro (PSDB), o jogo entre Tubarão e Concórdia que aconteceria no estádio Heriberto Hülse, nesta terça-feira, às 15h, também foi adiado.

Adiamento das partidas

Lopes também comentou o adiamento dos jogos. “Os nossos jogadores todos fizeram o teste antes do jogo do Marcílio, na viagem, seguimos todos os protocolos, estávamos em Itajaí, dando entrada no hotel e fomos surpreendidos com o cancelamento da rodada. Na minha concepção foi feito certo para que a gente possa ter segurança aos atletas se o campeonato continuar”, falou.
O superintendente recordou que presidente do Tigre, Jaime Dal Farra foi um dos quatro dirigentes contrários ao retorno da competição neste momento. “O Criciúma é um dos quatro que foi contra o reinício do campeonato neste momento. O presidente sempre se preocupou com isso, na reunião foi o que se colocou contra, não ao campeonato, e sim do tempo, da pandemia que está cada vez mais aumentando. O frio está intenso. A gente acompanha o aumento da ocupação de hospitais, então temos que ter cuidado. O Criciúma muito preocupado com isso. A gente corre o risco, mas o Criciúma tem feito da melhor maneira possível e a partir do momento que tem alguma situação a gente afasta o atleta para não ter nenhum problema”, relatou.

Após os dois atletas do Carvoeiro testarem positivo, disse Lopes, eles foram afastados, isolados e e seguem sendo acompanhados pelo Departamento Médico do clube.
 

Tags: coronavírus