Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...

Novo contrato entre Casan e prefeitura de Nova Veneza será pauta de audiência pública

O investimento estimado é de R$ 40 milhões, incluindo pavimentação e ampliação da rede de esgotos
Redação
Por Redação Nova Veneza - SC, 08/11/2019 - 16:28
Foto: Reprodução
Foto: Reprodução

A fim de discutir e debater com a comunidade a prestação dos serviços oferecidos pela Companhia Catarinense de Águas e Saneamentos (Casan), o Governo Municipal promoverá na próxima segunda-feira, 11, às 19h, uma audiência pública na Câmara de Vereadores.

O encontro tem como objetivo principal mostrar à população o novo contrato de programa que será assinado entre o Governo Municipal e a Casan. A nova forma de contratação está estabelecida pela Lei n° 11445/2007, que obriga os municípios a trocarem a forma de contratação dos serviços da empresa, que antigamente se davam por contrato de concessão e agora passam a ser contratos de programas.

Este contrato de programa se dá através de um estudo de viabilidade econômico-financeira, o que garante maiores benefícios para ambas as partes. O contrato com a Casan é baseado nas necessidades do município e contempla como deve ser o tratamento dado à água tratada e ao seu destino final (esgoto sanitário), novas pavimentações e ampliação das redes.

"Nós estamos negociando há algum tempo com a Casan. É muito importante a participação da comunidade para conhecer o significado desse programa de contrato para os próximos 30 anos. O município terá vários benefícios, entre eles, o saneamento básico e melhorias nas redes de abastecimento de água", avaliou o prefeito de Nova Veneza, Rogério Frigo.

 O investimento estimado é de R$ 40 milhões. Outra reivindicação feita à Casan é a pavimentação da Barragem até a Linha Gava, de aproximadamente 4 quilômetros, e a mudança da rede de abastecimento na avenida José Ronchi, além da repavimentação asfáltica desta via pública. "Também será uma oportunidade de levar agua tratada da Casan nas comunidades de São Bento Alto, Rio Cedro Médio e São Bonifácio", finalizou o prefeito.