Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...

“Nós tínhamos muita oposição 'fogo amigo'” afirmou Moisés em coletiva

Governador esteve em Forquilhinha nesta quinta-feira. Ouça a entrevista coletiva de imprensa na íntegra
Paulo Monteiro
Por Paulo Monteiro Criciúma, SC, 14/11/2019 - 12:50Atualizado em 14/11/2019 - 14:48
Foto: Heitor Araujo / 4oito
Foto: Heitor Araujo / 4oito

O governador de Santa Catarina Carlos Moisés (PSL) esteve em Forquilhinha nesta quinta-feira, 14, para falar sobre a liberação de recursos para conclusão da Rodovia Jacob Westrup, que liga Forquilhinha e Maracajá. Durante a coletiva de imprensa, o governador catarinense comentou sobre o seu futuro dentro do Partido Social Liberal que, segundo ele, independe da decisão do presidente Jair Bolsonaro, que anunciou na última terça-feira a criação do partido Aliança pelo Brasil.

“Estou como governador porque precisei de um partido e vou continuar nele, mas isso não nos afasta do presidente Jair Bolsonaro, pelo contrário, tanto que o presidente tem vários outros parceiros de outros partidos e, se não fosse assim, nada caminharia na Câmara ou no Senado”, comentou Moisés.

Para Moisés, apesar de existir uma oposição dentro do partido, a relação pessoal com os deputados que decidirem deixar o PSL deverá continuar a mesma de sempre, não influenciando em nada no desempenho do governo. “Se eu tinha alguma oposição na assembleia legislativa era do meu próprio partido. Não de todos, temos deputados que caminharam muito conosco, mas nós tínhamos muita oposição “fogo amigo”.  Acho que o governo nem perde e nem ganha, as coisas continuam do jeito que estão e talvez o relacionamento até melhore, se estreite, porque a nossa bandeira é o bem estar do catarinense”, ressaltou.

Em sua vinda para Forquilhinha, Carlos Moisés assinou a liberação de R$ 8 milhões em recursos para a pavimentação da Rodovia Jacob Westrup, em que R$ 5 milhões ficaram para Forquilhinha e R$ 3 milhões para a cidade de Maracajá. O governador assinou também uma série de emendas parlamentares para a saúde, educação e outras diversas áreas para as cidades da região, e segue em viagem para o sul catarinense com o objetivo de suprir outras demandas.