Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...

Morro Grande tem uma carta na manga

Prefeito Valdionir Rocha diz que já planeja próximo passo, caso não haja conciliação com a JBS
Clara Floriano
Por Clara Floriano Criciúma - SC, 30/10/2017 - 10:53Atualizado em 30/10/2017 - 10:56

O prefeito de Morro Grande e presidente da Amesc, Valdionir Rocha, afirmou, na manhã desta segunda-feira (30), ter uma carta na manga, caso o município e a JBS não entrem em consenso na reunião da próxima quarta-feira (1). O encontro reunirá representantes da JBS e da Tramonto Agroindustrial S.A. e autoridades do município.

“Temos um passo a passo. Primeiro vai acontecer essa reunião de conciliação e se não conseguirmos resolver a situação, vamos tomar outras medidas. Vamos mantê-las em sigilo, por enquanto, mas na hora certa todos vão saber”, afirmou Rocha.

Segundo Valdionir, a região começou já tem prejuízos desde a semana passada, quando foram encerradas as atividades no abatedouro da unidade. “Eu sei que já estamos tendo prejuízos hoje, mas não tenho números ao certo. O que sei é que a unidade representa 80% da economia da região. Anualmente isso gera um prejuízo de R$ 630 milhões, só em ICMS”, disse o prefeito.