Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...
CORONAVÍRUS - Saiba mais aqui

Ministro garante quatro praças e não reduz a tarifa dos pedágios

Reunião do Fórum Parlamentar Catarinense em Brasília não surtiu efeito
Erik Behenck
Por Erik Behenck Criciúma - SC, 24/10/2019 - 07:18Atualizado em 24/10/2019 - 07:19
Foto: Agência Brasil
Foto: Agência Brasil

O Fórum Parlamentar Catarinense esteve reunido com o ministro da Infraestrutura, Tarcísio de Freitas, para discutir a questão dos pedágios. A reunião não foi positiva. A concessão prevê investimento de R$ 6,5 bilhões, sendo que R$ 2,9 bilhões seriam em investimentos e R$ 3,6 bilhões em custos operacionais, para o período dos próximos 30 anos. 

O trecho concedido da BR-101 tem 220,42 quilômetros, indo desde Paulo Lopes até São João do Sul. Conforme o projeto, devem ser construídas praças de pedágios em Laguna, Tubarão, Araranguá e São João do Sul. A tarifa máxima é de R$ 3,97.

O ministro citou que quanto mais pedágios, menor será a tarifa cobrada. A expectativa é de que o leilão baixe até 40% do preço exigido. Os parlamentares queriam que o projeto fosse reiniciado, começando novamente do zero. O que também não foi aceito por Tarcísio, que justificou a demora no procedimento.

Os deputados e senadores devem tentar mais uma vez reduzir o número de praças ou então da tarifa cobrada. A nova reunião ainda precisa ser marcada.