Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...
4

Maringá e o Tigre na estreia do Som Maior Esportes

Diretor confirmou a busca da contratação do atacante Lúcio Flávio, que estava disputando o Paulistão
Denis Luciano
Por Denis Luciano Criciúma, SC, 22/04/2019 - 11:51Atualizado em 22/04/2019 - 12:07
Foto: Daniel Búrigo / 4oito / Arquivo
Foto: Daniel Búrigo / 4oito / Arquivo

O diretor executivo de futebol do Criciúma, João Carlos Maringá, foi a atração da estreia do Som Maior Esportes nesta segunda-feira, na Rádio Som Maior. Ele fez um balanço dos investimentos do Tigre até aqui e projetou a possível contratação do meia Lúcio Flávio, 32 anos, que disputou o Campeonato Paulista pela Ferroviária.

"Estamos sim em negociação com o Lúcio Flávio. Tanto quanto o Léo Gamalho, ele é um jogador experimentado, mas com a ida do Pedro Bortoluzzo para tratamento da lesão e a vinda do Gamalho, só temos um centroavante de área e um campeonato muito longo pela frente", argumentou o dirigente. A possível vinda do jogador foi notícia no último sábado no 4oito.

Maringá revelou que Lúcio Flávio foi uma indicação do técnico Gilson Kleina. "Eles trabalharam juntos, eu e o Kleina vimos jogos dele no Paulista. Ele está muito bem e motivado para nos ajudar", destacou. "Foi jogador do Kleina, isso tem relevância, o treinador conhece a característica e indicou ele para a gente", completou.

O dirigente não confirmou outras negociações por reforços, mas disse que a avaliação é constante. "Se tivéssemos caixa, traríamos mais dois ou três reforços, mas já terminamos o dinheiro que ele (presidente Jaime Dal Farra) nos deu. Qualquer investimento a partir de agora é um furo no orçamento", avaliou. "Com a vinda do centroavante podemos dar um tempo e fazer uma avaliação ampla do elenco até a Copa América", concluiu.

Depois da folga no fim de semana de Páscoa, o Criciúma volta aos treinamentos hoje. A estreia do Tigre na Série B será sábado, às 16h30min contra o Cuiabá no estádio Heriberto Hülse.

Ouça no podcast a entrevista de Maringá para a Som Maior.