Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...

Maringá dá pistas sobre negociação com novo treinador

Contrariando declaração anterior, diretor de futebol indica que um dos nomes abordados está empregado
Por Heitor Araujo Criciúma - SC, 08/08/2019 - 19:15Atualizado em 12/08/2019 - 22:32
Arquivo / 4oito
Arquivo / 4oito

Como já divulgado, o Tigre trabalha com dois nomes preferidos para substituir Gilson Kleina no comando técnico. Antes do treino desta quinta-feira, 8, o diretor de futebol João Carlos Maringá quebrou um pouco do mistério e divulgou a primeira pista sobre os dois treinadores na mira. Em conversa com os setoristas do Tigre, Maringá avisou que um dos técnicos em negociação está empregado e o outro não. A informação é do repórter Jota Éder, do Timaço da Som Maior.

A nova declaração contraria o que foi dito anteriormente pelo próprio Maringá, ainda na segunda-feira, após a demissão de Kleina. O dirigente havia anunciado que o clube não negociaria com treinadores empregados.

No dia seguinte, Roberto Cavalo anunciou a saída do Botafogo de Ribeirão Preto, o que gerou a desconfiança de que seria ele o nome anunciado pelo Tigre. No entanto, Maringá alertou que não abriu negociações com Cavalo.

Será Waguinho Dias?

Um dos nomes cotados anteriormente foi o de Waguinho Dias, técnico do Brusque. Ele se enquadra no técnico empregado que Maringá disse que o clube negocia. Ao programa Ponto Final, da Rádio Som Maior, o repórter Jota Éder reacendeu o debate sobre o técnico da equipe do Norte do Estado.

Waguinho tem mais dois jogos à frente do Brusque nesta temporada, pela final da Série D. No entanto, o contrato com o clube vai até 2020.

Maringá não falou sobre nomes, mas disse que o clube que emprega o treinador cobiçado já foi contatado pelo Criciúma.