Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...

Mais uma tentativa de melhorar a condição dos pedágios

Acontece hoje uma audiência pública, em Tubarão, proposta por Volnei Weber
Erik Behenck
Por Erik Behenck Criciúma - SC, 08/11/2019 - 08:13
Foto: Arquivo / 4oito
Foto: Arquivo / 4oito

Mesmo com o edital já publicado, vão tentar mais uma cartada para evitar a instalação de quatro praças de pedágios ou então baixarem as tarifas na BR-101. Acontece nesta sexta-feira, 8, em Tubarão, uma audiência pública proposta pelo deputado estadual Volnei Weber (MDB). Segundo ele, o governo federal quer se livrar dos cuidados com a rodovia.

“Nós convocamos essa audiência pública, pelo estado, pela Assembleia. Se a ANTT não estiver hoje, não teremos mais diálogo com eles. Precisamos de uma resposta, desse equilíbrio entre o que o governo quer e o que é melhor para nós”, afirmou. “Percebemos que as audiências públicas foram apenas para protocolo e para dar legalidade no processo de instalação dos pedágios”, completou.

Mesmo que a ANTT esteja presente, conforme Weber, encaminhamentos devem ser feitos diretamente com a capital federal. “Nós já encaminhamos essa resposta para a ANTT de Brasília, porque eles dizem que tem que ser por lá. Muitas lideranças do nosso estado vão estar presentes e isso faz com que possamos demonstrar a nossa força”, citou.

Enquanto não é administrada por uma empresa privada, a BR-101, no trecho sul catarinense, fica aos cuidados do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT), conforme explicou o superintendente do órgão, Ronaldo Barbosa.

“O Ministério da Infraestrutura tem dentro de sua gestão o DNIT e a ANTT, quando não é concessionada, a BR-101 é cuidada pelo DNIT e depois vai para a ANTT. Nós estamos acompanhando o edital, quando for licitada, então a ANTT assume”, citou.