Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...

LATAM afirma que não vê segurança em Jaguaruna

Em nota, companhia afirma que suspensão de serviço preventivo inviabiliza operação no aeroporto
Arthur Lessa
Por Arthur Lessa São Paulo (SP), 11/04/2019 - 22:08Atualizado em 11/04/2019 - 22:52

A companhia aérea LATAM emitiu comunicado apresentando os motivos pelos quais decidiu, na tarde desta quinta-feira (11), não aterrissar no Aeroporto Regional Humberto Bortoluzzi, em Jaguaruna (SC), desviando o voo para o Aeroporto Internacional Hercílio Luz, em Florianópolis (SC).

Segundo a empresa, o terminal não oferece as condições de segurança preventiva necessárias para a operação dos voos, que não tem prazo para serem retomados. 

Segundo a nota, os passageiros afetados pela suspensão do serviço estão sendo orientados para remarcação ou reembolso integral das passagens. 

Confira a nota na íntegra:

A LATAM Airlines Brasil informa que os seus voos programados para Jaguaruna (SC) nesta quinta-feira (11 de abril) foram impactados pela suspensão do Serviço de Prevenção, Salvamento e Combate a Incêndio (SESCINC) do terminal. O serviço é um item de segurança fundamental para que a companhia opere em um aeroporto e todas as decisões da LATAM visam garantir uma operação segura.

A LATAM segue avaliando a necessidade de novas alterações de voos em Jaguaruna e os passageiros afetados estão sendo informados para que possam efetuar a remarcação ou o reembolso integral de seus bilhetes sem custo adicional.

Em caso de dúvidas, os clientes podem entrar em contato com o Call Center da LATAM pelos telefones 4002-5700 (nas capitais) ou 0300-570-5700 (nas demais localidades do Brasil).