Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...

Julio Garcia ganha apoio, mas ainda não é candidato a presidência da Alesc

Deputado estadual eleito é um dos favoritos a assumir o posto a partir de 2019
Erik Behenck
Por Erik Behenck Criciúma - SC, 12/12/2018 - 08:24Atualizado em 12/12/2018 - 08:25
(foto: Clara Floriano/ arquivo 4oito)
(foto: Clara Floriano/ arquivo 4oito)

Indicado como um dos favoritos a presidência da Assembleia Legislativa de Santa Catarina (Alesc), Julio Garcia terá o apoio de seu partido na disputa, após o atual deputado Milton Hobus desistir de concorrer. Parte agora em busca de apoio de outros partidos. Em entrevista ao Programa Adelor Lessa, falou sobre a expectativa para o próximo ano.

“Era muito importante para que a gente começasse a trabalhar, começaremos em plena harmonia, o deputado Milton Hobus, num gesto de grandeza, tomou a iniciativa de me apoiar, terei o apoio dele e de toda a bancada do PSD. Foi uma conquista, mas, até fevereiro muita água vai rolar”, analisou.

Os deputados assumem no dia 1º de fevereiro, quando será realizada a eleição. Julio Garcia ainda não se posiciona como candidato oficial, e disse que espera uma votação harmoniosa. O deputado eleito esteve reunido com Carlos Moisés, afirmando que não conversaram sobre a presidência da Assembleia. O político comentou também sobre a divisão de mandatos.

“O regimento interno prevê dois anos de mandato e ele tem que ser cumprido, a sociedade não aceitaria que tivesse outro mandato. Já começar dividindo eu acho que seria muito ruim para a Assembleia Legislativa”, garantiu. Garcia falou também sobre a revolução das urnas, acontecida segundo ele, devido a “Operação Lava Jato e com o que foi divulgado na imprensa”.

Confira a entrevista na íntegra: