Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...
4

Gigante do setor de energia pode deixar região sul e fechar 20 mil postos de trabalho 

A Engie, com sede em Capivari de Baixo, anunciou que vai sair do setor de carvão mineral 
Gregório Silveira
Por Gregório Silveira Capivari de Baixo, SC, 07/12/2020 - 08:12Atualizado em 07/12/2020 - 15:40
Foto: Arquivo / 4oito
Foto: Arquivo / 4oito

A região sul do estado é conhecida em todo país pela exploração do carvão mineral. O setor energético movimenta economicamente muitos municípios. Uma notícia divulgada recentemente fez com que o setor ligasse o sinal vermelho de alerta. A Engie anunciou a desativação do complexo que hoje fica instalado em Capivari de Baixo, na região de Laguna.

"Até 2025 o projeto da Engie é deixar o setor de carvão mineral e isso claro impacta diretamente na nossa região. São mais de 20 mil empregos, ou seja, pessoas que dependem do carvão mineral. Várias cidades sofrerão com isso e temos que fazer algo", alega o prefeito de Criciúma Clésio Salvaro.
    
O prefeito de Criciúma se prontificou a unir os gestores municipais de região sul para estudar medidas. "Hoje a tarde estarei com prefeitos eleitos na região. Nosso objetivo é achar uma saída para evitar que cidades venham a perder arrecadação já que muitas delas vivem do carvão mineral. Não digo que tenhamos que comprar o complexo, mas participar mais ativamente."