Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...

Funcionários temporários possuem os mesmos direitos do que os fixos

Contratações de fim de ano geram muitas dúvidas. Serão mais de 90 mil no país
Erik Behenck
Por Erik Behenck Criciúma - SC, 15/10/2019 - 09:41

O fim de ano está chegando e com ele o comércio aquece pelas compras de Natal. Se as vendas aumentam, as lojas contratam reforços. E para falar sobre isso, o Programa Adelor Lessa recebeu a economista Katarine Barreto, da Focus Consultoria e Auditoria, que promoverá encontros gratuitos para tirar as dúvidas de comerciantes.

“Vamos dar dicas para o pessoal, para essas contratações temporárias e como reaproveitar esses trabalhadores depois. É preciso saber qual é o perfil da sua empresa, é para ver qual o funcionário ideal. Vamos dar dicas de contratações e de legislação trabalhista, para ver como é que funciona e o que está nos prejudicando”, citou.

O primeiro deles será em Forquilhinha, no dia 23 e depois em 7 de novembro, em Capivari de Baixo, ainda estão para confirmar eventos em Araranguá, Criciúma e Orleans. “Haverá uma contratação de 91 mil pessoas, sendo que 62,5 mil serão ligadas diretamente ao comércio”, citou, mostrando a importância da época. 

E as normas para as contratações temporárias também serão apresentadas durante estes eventos. Os funcionários, embora temporários, devem receber o mesmo salário pago para outros que executam as mesmas atividades, além de possuírem os benefícios oferecidos pela CLT.

“Mesmo sendo temporário, não pode deixar de pagar o mesmo salário do que é pago para a categoria”, afirmou Katarine. “Alguns funcionários acabam sendo tão bons que precisam ficar. E é preciso ir fazendo essa triagem”, completou a economista.

Tags: natal fim de ano