Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...

Fórum Criciúma do Amanhã fomenta discussão sobre o futuro

Evento é uma parceria entre a Unesc e a Som Maior FM
Redação
Por Redação Criciúma - SC, 24/07/2018 - 08:01Atualizado em 24/07/2018 - 10:43

Debate sobre os problemas que atingem a nossa região e possíveis soluções que levarão a um futuro próspero são temas que pautam o "Fórum Criciúma do Amanhã". O evento é uma parceria entre a Unesc e a Som Maior FM e acontece neste momento no Auditório Ruy Hulse, na universidade.

“Temos expectativa de que seja um evento om muitas ideias e que direcione nossas ações junto ao desenvolvimento. Precisamos encontrar nossas bandeiras e quais as nossas reinvindicações. Não é só o Governo, precisa partir de toda a nossa sociedade. Estamos todos juntos, com o propósito de discutir os rumos da cidade. Acho que temos muitas exemplos de sucesso por aí, como o do CODEM, que estará aqui hoje. Não temos interesse em começar processo algum, mas queremos discutir e levantar as nossas necessidades. Precisamos acelerar o crescimento da nossa região”, contou Luciane Ceretta, reitora da Unesc.

“A Criciúma do amanhã precisa ser feita hoje. Já estamos fazendo. Estão todos envolvidos e trabalhando. Este debate é importante e é importante reunir forças neste sentido. Temos que globalizar cada vez mais. A indústria brasileira perde competitividade por muitos fatores”, destacou o prefeito de Criciúma, Clésio Salvaro.

O prefeito de Siderópolis e presidente da Amrec, Hélio Cesa, o Alemão, destaca que Criciúma do amanhã é a toda a Região do amanhã. “Todo o desenvolvimento da nossa região passa por Criciúma. Temos que mostrar o futuro. Acho que este é um momento adequado para fervilhar de ideias e temos que construir um rumo para o nosso desenvolvimento”, disse.

Para o prefeito de Içara, Murialdo Canto Gastaldon, não pode-se pensar no desenvolvimento de apenas uma cidade, toda a região precisa estar bem.  “Tem que pensar no desenvolvimento pensando nas potencialidade de todos os 45 municípios do Sul. A iniciativa privada também precisa fazer sua parte, fazendo investimentos produtivos. Só que a iniciativa privada só vai fazer isso se tiver expectativa de retorno. A crença de que isso ai trazer retorno passa por uma série de fatores. Por isso, que considero que o terminal intermodal de Içara tem impacto regional”, afirmou.

“É muito importante para Criciúma e para toda a região que a Unesc faça este tipo de evento, em parceria com a Som Maior e com toda a comunidade. Precisamos consolidar os nossos pensamos e ideias. Nada melhor do que um fórum deste tipo para que a comunidade se una para que a gente trilhe novos caminhos. Não podemos pensar só no dia de hoje, temos que pensar no Criciúma e na região do amanhã. A Associação Empresarial está junto com a Unesc e com a Som Maior e está discutindo há muito tempo. Juntos nós podemos dar a nossa contribuição para o desenvolvimento de toda a região”, destacou o presidente da Associação Empresarial de Criciúma (Acic), Moacir Dagostin.

O debate terá a participação do presidente do Conselho de Desenvolvimento de Maringá (CODEM), José Roberto Mattos e do presidente do Observatório Social do Brasil, Ney Ribas.