Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...

Forquilhinha comemora aniversário de emancipação e colonização

Faz 107 anos que os imigrantes alemães chegaram em São Martinho
Por Erik Behenck Forquilhinha - SC, 25/04/2019 - 07:27Atualizado em 25/04/2019 - 09:12
(fotos: Luana Mazzuchello)
(fotos: Luana Mazzuchello)

Colonizada por imigrantes alemães vindos de Mosela, na Alemanha, chegaram no porto do Desterro, hoje Florianópolis. Por volta de 1870, os filhos destes imigrantes deixaram suas moradias no rio Cubatão e fixaram residência na região de São Martinho.

Isso aconteceu faz 107 anos e foi no dia 26 de abril de 1989 que veio a emancipação. Para comemorar a data, o Programa Adelor Lessa Especial, com o Projeto Cidades, é apresentado direto de Forquilhinha.

Acompanhe ao vivo:

09:07

A transmissão ao vivo fica por aqui, em comemoração ao aniversário de 107 anos de colonização e de 30 anos de emancipação de Forquilhinha. Voltaremos em breve com mais uma edição do Programa Adelor Lessa Especial, no Projeto Cidades.

09:05

Adelor Lessa e o deputado Minotto.

09:03

Deputado Rodrigo Minotto: "Queremos colaborar com a nossa terra, para que tenha um crescimento cada vez maior".

09:01

Maciel da Soler: "Ele não consegue abastecer a aeronave de forma completa. O aeroporto para nós é muito importante e tem ganhado uma conotação regional por esse serviço. Sabemos que eles gastam R$ 130 mil, se vier para cá, pode até acabar com o déficit do aeroporto", comentou o vereador, se referindo a possibilidade da instalação do Serviço Aeropolicial (Saer) no Aeroporto Municipal Diomício Freitas.

08:57

Paulo Hoeppers: "O momento é muito bom, Nova Veneza pede que a gente entre no jogo, porque ficará ainda maior para eles. Parabéns Forquilhinha e parabéns a todos".

08:56

Ex-prefeito, Paulo Hoeppers: "Estamos comemorando 30 anos de emancipição, mas nessa mesma data são 107 anos de colonização". 

08:55

Vereador e presidente da Câmara de Vereadores de Forquilhinha, Maciel da Soler: "Estamos buscando trabalhar na mesma direção do Executivo e é nesse sentido que estamos trabalhando nestes dois anos".

08:53

Empresário Cerealista, Waldeci Rampinelli: "40% da nossa produção vai para o Paraná e o restante em todo o país. Produzimos 2,4 milhões de sacas por ano".

08:53

Waldeci Rampinelli: "Temos um vínculo muito grande com o Rio Grande do Sul, mas o nosso sangue está em Forquilhinha. Nos sentimos em casa".

08:50

O ex-prefeito de Forquilhinha, Vanderlei Ricken.

08:49

Técnico da Epagri, Realdino Busarello: "São 566 famílias que trabalham com atividade agropecuária aqui no município. Somos o maior produtor de arroz do estado".

08:41

Vanderlei Ricken: "Nessa questão dos limites não houve uma negociação. Foi um posicionamento para que as comunidades não ficassem divididas. Nós não queriamos atrasar isso, então era preciso definir até junho, para ter eleições em novembro de 1989. Nós não fazíamos questão de ficar com o aeroporto, agora não abrimos mão".

08:39

Vanderlei Ricken: "Tivemos todas as condições para criar o município de Forquilhinha. A pouco tempo eu soube que foi possível devido a uma lei complementar, promulgada justamente num dia 6 de janeiro, aniversário de Criciúma. Então o plebiscito que fizemos em 1988 foi combalidado".

08:37

Ex-prefeito e jornalista, Vanderlei Ricken: "Nós precisavamos fazer as coisas acontecer e o incentivo que tivemos foi fundamental. Foi importante levar as rasteiras que tomamos".
 

08:26

Isabela Niehues: "Convidamos todos para participar dessa programação cultural. Teremos um grande show com o tenor Giovanni Marquezeli".

08:24

A programação especial de comemoração começa às 13h30 com o show de talentos. "Reúne todos os talentos da nossa cidade. Da música e da interpretação. Todas as edições foram um sucesso, seja com música, dança ou teatro. Forquilhinha é uma cidade berço cultural", disse a coordenadora do Centro Cultural de Forquilhinha, Isabela Niehues.

08:21

O professor Zucky trabalha com músicas há 20 anos, com destaque para o violão :"A gente tem um trabalho de oficina de música, temos alunos de bateria com 73 anos de idade. É um prazer dar aula para essa rapaziada".

08:19

Letícia Ferreira da Silva tem 11 anos de idade e está na música há três anos. Ela toca flauta, violão e teclado: "Eu acho a música uma arte bonita. Tem um jeito puxado para o que eu gosto".

08:07

Diretor do Departamento de Turismo de Forquilhinha, Geovane Westrup: "Temos cervejaria, eventos locais. Em alguns restaurantes tem a comida típica".

08:05

Sidnei de Castro e Jeferson Spacek, da Coopera.

08:04

Jeferson Spacek: "Todas as áreas de atuação estão delimitadas dentro da ANEEL, mas temos algumas questões para verificar junto com a Celesc. Hoje nós temos 81 funcionários, atuando como três empresas".

08:03

Engenheiro responsável pela Coopera, Jeferson Spacek: "Hoje mais de 60% do nosso consumo são as indústrias".

08:02

Gerente da Coopera Soluções Elétricas, Sidnei de Castro: "Estamos com um portifólio de quase 6 mil itens de referência. Temos auxílio de pessoas da Coopera na área de alta, contratamos vários profissionais de Forquilhinha. Ela já nasceu como uma das maiores distribuidoras do Sul do país".

07:59

Mesmo em um programa fora do estúdio, a qualidade do som é a mesma, graças ao trabalho da Teclenet.

07:49

Lilian Arns: "Temos várias coisas para discutir quando se trata de infância. O equilíbrio é algo que precisa ser discutido".

07:48

Em Forquilhinha o povo acorda cedo para trabalhar.

07:46

Lilian Arnsé ainda presidente do Conselho Municipal dos Direitos da Criança e Adolescente (CMDCA) e coordenadora do 6º Seminário Nacional e o 1º Internacional de Políticas Públicas para a Primeira Infância, que começou ontem e segue hoje.

07:45

Coordenadora regional da Pastoral da Criança, Lilian Arns: "A Sônia Bridi teve muitas dificuldades para chegar. Ela tem uma ligação com a Zilda Arns. Mas, conseguimos um voo direto para Porto Alegre e deu certo. Veio feliz e satisfeita. Queria muito vir".

07:43

O prefeito de Forquilhinha, Dimas Kammer.

07:39

Dimas Kammer: "Estamos preocupados em levar pavimentações para o interior do município".

07:37

Dimas Kammer: "A nossa agricultura é forte e a gente nunca deixa de lado. Temos uma emenda de R$ 500 mil da Geovania de Sá para a área rural".

07:35

Dimas Kammer: "Teremos importantes obras. Precisamos preparar melhor a infraestrutura da nossa cidade".

07:34

Prefeito Dimas Kammer: "É um dos municípios que mais cresce e se desenvolve em Santa Catarina. Mas, temos que continuar fazendo para isso se manter".