Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...
CORONAVÍRUS - Saiba mais aqui

Figueirense vai jogar o Catarinense em Brusque

Acordo foi fechado nesta sexta-feira. Só haverá mudança de planos se o prefeito de Florianópolis liberar partidas na Capital
Denis Luciano
Por Denis Luciano Brusque, SC, 26/06/2020 - 17:22Atualizado em 26/06/2020 - 17:49
Foto: Rodrigo Santos / TV Brusque
Foto: Rodrigo Santos / TV Brusque

Martelo batido. O Figueirense vai mandar os jogos que restam no Campeonato Catarinense no estádio Augusto Bauer, em Brusque. Impossibilitado de utilizar o estádio Orlando Scarpelli - a exemplo do Avaí com a Ressacada, por conta das medidas restritivas decretadas pelo prefeito Gean Loureiro, de Florianópolis - o alvinegro buscou a alternativa, e fechou o acordo.

Dirigentes do Figueirense vistoriaram o estádio de Brusque no começo da tarde desta sexta-feira, 26. O acerto foi feito com os dirigentes do Carlos Renaux, clube da Série C do Catarinense que é o proprietário do estádio. O Brusque loca o espaço, e recentemente arcou, junto ao seu patrocinador, com as despesas de troca do gramado.

A partida diante do Juventus, pela rodada de volta das quartas de final do Estadual, deverá ocorrer no dia 11, sábado, ou 13, segunda-feira, já que em 8 de julho o Figueira vai encarar o adversário, pela rodada de ida, no estádio João Marcatto, em Jaraguá do Sul, e no dia 12, domingo, o Brusque vai encarar o Joinville no Augusto Bauer. 

O presidente do Figueirense, Norton Boppré, já adiantou que, caso o clube passe pelo Juventus e encare o Brusque na semifinal do Catarinense, vai procurar um outro estádio para mandar a partida. Antes de chegar em Brusque, o Figueirense havia buscado campos de clubes amadores no entorno de Florianópolis, sem sucesso.

Os outros confrontos das quartas de final do Catarinense são Criciúma x Marcílio Dias e Avaí x Chapecoense.