Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...
CORONAVÍRUS - Saiba mais aqui

FGTS: não correntistas devem movimentar R$ 16 milhões no Sul Catarinense

Hoje foi liberado o saque para quem nasceu em janeiro e não tem conta na Caixa
Erik Behenck
Por Erik Behenck Criciúma - SC, 18/10/2019 - 07:59Atualizado em 18/10/2019 - 08:00
(foto: Erik Behenck)
(foto: Erik Behenck)

Está liberado o saque de até R$ 500,00 por conta do FGTS para não correntistas da Caixa nascidos em janeiro. Neste lote, 4,1 milhões de pessoas serão beneficiadas em todo o país, que devem sacar até R$ 1,8 bilhão. E o benefício vai trazer uma boa renda para o Sul Catarinense, conforme explicou o superintendente da Caixa Econômica Federal do Sul de SC, Ederson Cláudio Negri.

“São mais de 200 mil trabalhadores que terão acesso ao saque imediato até março do ano que vem. Será um reforço muito grande para a economia de Criciúma e da região, nossa expectativa desses que não tem conta é movimentar mais de R$ 16 milhões, são valores muito pulverizados, a gente acredita que vai circular realmente”, contou.

Segundo ele, mais de 90% dos atendimentos podem ser concluídos nos canais de atendimento da Caixa, quem já tem o cartão cidadão pode fazer o saque diretamente nos caixas eletrônicos, mas, aqueles que forem nas agências devem levar a carteira de trabalho e documentos pessoais.

“Nós montamos uma estratégia de atendimento diferenciada, nossas agências vão abrir 2 horas mais cedo. Com esse horário estendido a gente acredita que vamos conseguir fazer todos os atendimentos”, citou Negri. Os saques podem ser feitos nas contas ativas, que são as atuais dos trabalhadores e nas contas inativas, de empregos antigos.

O superintendente ainda destacou que realizando o saque, o trabalhador não perderá nenhum benefício quando deixar o seu emprego. “O saque imediato não interfere em nenhum outro benefício do trabalhador, se ele for demitido sem justa causa, poderá fazer o saque. E o cálculo da multa será feito como se estes R$ 500,00 não tivessem sido sacados”, afirmou.

Confira o calendário para quem não é correntista: