Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...

FCC fecha ano com quatro editais lançados e retorno de atendimentos presenciais

Fundação ainda deu início às visitas para análise dos espaços fornecidos pelas prefeituras locais para receber o recurso dos Centros de Desenvolvimento Cultural
Por Redação Florianópolis, SC, 31/12/2021 - 16:43
Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

Quer receber notícias como esta em seu Whatsapp? Clique aqui e entre para nosso grupo

Mais um ano cheio de desafios vem chegando ao fim. Como diversos outros setores da economia, a Cultura também teve a retomada de parte de suas atividades. Da mesma forma que em 2020, a Fundação Catarinense de Cultura (FCC) foi responsável por fomentar este que é um dos setores mais abalados com a pandemia de Covid-19. Para isso, em setembro deste ano o Governo do Estado lançou o pacote SC Mais Cultura, que engloba projetos e ações com investimento total de R$ 129 milhões em todas as regiões catarinenses.

Entre as medidas que fazem parte da iniciativa estão os três editais lançados. Somados, o Prêmio Elisabete Anderle, o Catarinense de Cinema e o Edital Lei Aldir Blanc SC foram responsáveis por injetar R$ 38 milhões na economia criativa.

Ainda no âmbito do pacote SC Mais Cultura, a FCC lançou também o edital para o Programa de Integração e Descentralização da Cultura (IDC), que recebeu credenciamento de 163 grupos artísticos, dos quais 60 serão selecionados para integrar o projeto. A ideia é proporcionar a circulação da cultura por meio de circuitos com eventos gratuitos para a população.

Além disso, a FCC deu início às visitas para análise dos espaços fornecidos pelas prefeituras locais para receber o recurso dos Centros de Desenvolvimento Cultural (CDC). O objetivo da iniciativa é descentralizar ações do setor, viabilizando recursos para compra de equipamentos de som, luz e tratamento acústico, a fim de implementar centros nos municípios com menor Índice de Desenvolvimento Humano (IDH) de Santa Catarina.

Novidades aguardadas

No último mês do ano, a FCC lançou o 11º Salão Nacional Victor Meirelles, rompendo com uma pausa de 13 anos desde a última edição deste que, historicamente, é um dos principais prêmios de arte contemporânea do Brasil. As inscrições seguem abertas até 20 de janeiro de 2022 e, além de premiar os artistas selecionados com 25 prêmios no valor de R$ 7 mil cada e mais dois de R$ 20 mil pela aquisição das obras, ainda vai dar origem a uma exposição no Museu de Arte de Santa Catarina (Masc), na qual toda a população poderá ter acesso gratuito aos trabalhos escolhidos.

Outra iniciativa bastante aguardada pelo setor cultural e que teve seu início neste ano, o Programa de Incentivo à Cultura (PIC), também conhecido como lei estadual de mecenato, teve plataforma online lançada em setembro para inscrição de projetos. Até o momento, já foram apresentadas mais de 200 propostas das mais diversas áreas culturais. O Programa, considerado o maior investimento no meio cultural já realizado no estado, disponibilizará mais de R$ 75 milhões por ano ao setor, viabilizados pela dedução do ICMS. Os valores dos projetos são limitados ao teto de R$ 150 mil para pessoa física e R$ 1,2 milhão para pessoa jurídica.

Copyright © 2021.
Todos os direitos reservados ao Portal 4oito