Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...

Famcri e Unesc firmam parceria para monitorar o Rio Criciúma

Coletas serão feitas em todas as estações do ano para ter melhor compreensão do ciclo hidrológico do rio
Por Redação Criciúma, SC, 16/05/2019 - 19:19
Divulgação
Divulgação

A Fundação do Meio Ambiente de Criciúma (Famcri) firmou nesta quarta-feira, 15, uma parceria com a Universidade do Extremo Sul Catarinense (Unesc) para monitoramento do Rio Criciúma, por meio de análises laboratoriais.

De acordo com o diretor de licenciamento e fiscalização, Felipe Soratto Monteiro, a coleta de materiais e os resultados serão responsabilidade da Famcri, enquanto os estudantes farão a interpretação dos dados coletados.

"Serão feitas coletas em todas as estações do ano para ter uma melhor compreensão do ciclo hidrológico do rio. As coletas também serão em vários pontos para ter maior abrangência da microbacia. Os resultados serão apresentados à população bem como as formas de melhorias que a população deve ter com os rios", conta.

"Os alunos participaram de forma ativa no projeto, tanto na elaboração como no planejamento. Esse tipo de parceria beneficia muito os alunos para que eles possam aprender na prática e possam entender melhor os problemas ambientais que enfrentamos", explica o professor e coordenador do projeto, Carlyle Torres de Menezes.

As atividades têm início imediato e contaram com três estagiários, dois alunos do curso de Engenharia Ambiental e um aluno de Ciências Biológicas. Durante o estudo os alunos serão acompanhados em dois dias da semana por técnicos da Famcri, além de serem feitas vistorias periódicas nos rios para acompanhar as melhorias.