Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...
4

Falta uma notificação judicial para a volta de Dajori à Câmara

Expectativa era de que na segunda-feira o vereador pudesse retornar
Erik Behenck
Por Erik Behenck Criciúma - SC, 05/09/2019 - 09:53
(foto: reprodução)
(foto: reprodução)

Depois de recuperar o seu mandato, Moacir Dajori (PSDB) pretendia voltar para a Câmara de Vereadores de Criciúma na segunda-feira, 2, mas como a casa não foi notificada, a retomada ainda não aconteceu. A expectativa é de que uma notificação seja enviada nos próximos dias, depois da decisão do ministro Ricardo Lewandowski.

“Segunda-feira o vereador Dajori, com seu advogado, ele protocolou na Câmara e o Jurídico já deu resposta. Nós dissemos que precisamos da notificação da Justiça. Justiça a gente só aguarda”, explicou o vereador Pastor Jair Alexandre (PSC), que preside a Câmara durante o período em que Miri Dagostim (PP) está fora.

Audiência Pública

Jair Alexandre aproveitou para comentar sobre a Audiência Pública que acontecerá na sexta-feira, 6, às 19h, no Salão Ouro Negro do Paço Municipal Marcos Rovaris. Será um espaço para conversar sobre novas formas de prevenção às drogas.

“Nós temos aqui na cidade dez comunidades terapêuticas e somente quatro são regulamentadas. É uma preocupação, por 80% dos casos de violência estarem ligados as drogas, queremos fazer essa audiência pública para chamar atenção da sociedade”, citou Alexandre.