Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...
CORONAVÍRUS - Saiba mais aqui

Estado registra crescimento de 11% nos emplacamentos

Região Sul registrou acréscimo de 17% em junho de 2020 se comparado a maio
Redação
Por Redação Florianópolis, SC, 06/07/2020 - 20:25
Foto: Arquivo / 4oito
Foto: Arquivo / 4oito

A Federação Nacional da Distribuição de Veículos Automotores de Santa Catarina (Fenabrave-SC), entidade que representa 545 concessionárias de veículos automotores de todo o estado dos segmentos de automóveis, comerciais leves, caminhões, tratores e máquinas agrícolas, motocicletas, e Implementos rodoviários, divulga o desempenho do setor automotivo no mês de Junho de 2020.

De acordo com o levantamento, as vendas de junho de 2020 foram maiores se comparadas com o mês de maio do mesmo ano. Se computados todos os segmentos foram emplacadas 10.924 unidades em junho contra 9.836 em maio. Quando comparados o acumulado dos primeiros 6 meses de 2020 com o mesmo período de 2019, houve queda de -25,84%.

No segmento específico de automóveis e comerciais leves, houve acréscimo de 14,71%, sendo emplacadas 7.095 unidades em junho 2020 contra 6.185 em maio. Já quando comparamos o acumulado de janeiro a junho deste ano com o mesmo período de 2019 encontramos queda de -28,38%.

Quanto ao segmento de motos em Santa Catarina, as vendas tiveram decréscimo de -18,73% em junho, em relação ao mês de maio 2020. Foram emplacadas 1.380 unidades em junho e 1.698 em maio. Se comparadas com o acumulado de 2020 em relação ao mesmo período de 2019 a queda foi de -25,45%.

A frota circulante em Santa Catarina soma, hoje, 5.315.762 veículos, sendo que a maioria é de automóveis, em um total de 3.018.731.

Segundo o presidente da Fenabrave-SC, Júlio Schroeder, os dados de junho de 2020, apesar de estarem quase 27% menores dos que os de junho de 2019, começam a projetar a volta de uma normalização após o baque causado pela pandemia, desde o início do mês de março. As vendas de junho/20 foram 11,06% maiores do que as de maio, mostrando que o consumidor está retornando ao mercado, acreditando que o pior já passou. Mesmo assim, as previsões de queda para este ano ficam no patamar de 26% a 30%. “Porém, há que se observar o ritmo que as vendas tomarão neste segundo semestre”, comenta Schroeder.

Na Região da Grande Florianópolis houve acréscimo de 6,62% em relação ao mês anterior, com 2.110 unidades em junho de 2020 contra 1.979 do mês anterior. Já no acumulado do ano, a queda foi de -26,44%.

 

Na Região Norte, os números tiveram acréscimo de 23,34% entre junho e maio 2020, num total de 2.056 emplacamentos em junho, contra 1.667 em maio. No acumulado do ano houve queda de -23,87% em relação ao mesmo período do ano anterior.

 

A Região Oeste apresentou crescimento de 4,38% nas vendas de junho ao se comparar com o mês anterior, sendo 1.741 veículos emplacados em junho e 1.668 em maio deste ano. Houve queda de -23,81% se comparadas as vendas acumuladas dos primeiros 6 meses deste ano, com o mesmo período do ano anterior.

 

A Região do Planalto Serrano registrou decréscimo de -1,20% nas vendas em relação ao mês anterior. Foram emplacados 412 veículos em junho 2020 contra 417 em maio. No acumulado do ano, em relação ao mesmo período do ano anterior, houve queda de -27,37%.

 

A Região Sul registrou acréscimo de 17,69% em junho de 2020 se comparado a maio, num total de 1.577 unidades contra 1.340. No acumulado do ano, em relação ao mesmo período do ano anterior, a queda foi de -29,58%.

 

Na Região do Vale do Itajaí foram emplacados 9,51% veículos a mais em junho de 2020 do que em maio do mesmo ano, num total de 3.028 em junho contra 2.765 em maio. Se comparado o acumulado de 2020 em relação a 2019, houve queda de -25,77%